Com 38 mil na torcida, Santa Cruz só empata na Série C

Na reta final da fase de classificação do Campeonato Brasileiro da Série C, os seis jogos disputados neste domingo pela 16.ª rodada projetam um panorama de muitas emoções nas rodadas finais. A matemática ainda não deixou ninguém na segunda fase, enquanto Baraúnas e Rio Branco-AC já estão rebaixados para a Série D. Curiosamente, Santa Cruz e Sampaio Corrêa fecharam a rodada, à noite, em Recife, em jogo com ótimo público no Estádio do Arruda para ver um empate sem gols.

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2013 | 21h42

Pelo Grupo A, apesar da forte pressão, o Santa Cruz não furou o bloqueio defensivo do Sampaio Corrêa, ficando no empate sem gols, aos olhos de 38.434 pagantes, o que resultou em uma renda de R$ 502.394,22.

De manhã, Brasiliense e Treze ficaram no 2 a 2, debaixo de muito calor. O Cuiabá foi até Maceió e contabilizou um ponto importante no empate por 1 a 1 com o CRB. Em Marabá, o Águia não vacilou diante do rebaixado Baraúnas e fez 3 a 1. No sábado, no Estádio Presidente Vargas, o Fortaleza venceu o Luverdense por 2 a 1.

Pelo Grupo B, a maior surpresa foi a derrota do Guarani, em casa, diante do Betim, por 2 a 1. Em Caixas do Sul, o Caxias fez bem a lição de casa ao bater o Vila Nova-GO por 2 a 1, ficando quase classificado à segunda fase.

Os outros três jogos foram disputados no sábado. O Macaé fez 2 a 1 sobre o Crac, Mogi Mirim e Madureira empataram por 1 a 1 e o Barueri fez 3 a 2 sobre o Duque de Caxias.

SITUAÇÕES NOS GRUPOS - Três clubes dividem a liderança do Grupo A, com 30 pontos: Fortaleza, Treze e Brasiliense, com o CRB completando o G4, zona de classificação, com 29 pontos. Mas a briga está muito boa porque depois aparecem Santa Cruz, Luverdense e Águia, por 28 pontos. Sampaio Corrêa e Cuiabá, ambos com 26 pontos, tanto podem brigam pela classificação como brigam para não seu o terceiro clube a cair.

No Grupo B, Macaé e Caxias, com 28 pontos cada, dividem a ponta e estão virtualmente classificados. O Mogi Mirim, com 27 pontos, está perto e a quarta vaga será disputada, em tese, por três clubes: Vila Nova-GO e Guarani, com 23 pontos cada, e Betim, com 21. O time mineiro tem uma vantagem nesta luta porque fará três jogos contra dois dos demais.

Na briga contra o descenso, Barueri, com 13 pontos, Duque de Caxias e Crac, com 15, são os mais cotados a cair. Só os dois últimos caem neste Grupo B. O Madureira, com 18 pontos, está quase livre desta ameaça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.