Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Com quatro atacantes, Grêmio visita o Juventude precisando do empate para avançar

Renato Gaúcho não querer passar sufoco no Alfredo Jaconi e deve escalar Diego Souza, Isaque, Pepê e Ferreira

Redação, Estadão Conteúdo

05 de novembro de 2020 | 10h14

O técnico Renato Gaúcho não quer saber de jogar por resultado, em Caxias do Sul. Nesta quinta-feira, às 21h30, diante do Juventude, o Grêmio precisa apenas de um empate para avançar na Copa do Brasil. Ainda assim, a equipe deve entrar em campo com quatro atacantes. Após vencer por 1 a 0, em Porto Alegre, a igualdade serve para a classificação às quartas de final. O tricolor, contudo, Grêmio não querer passar sufoco no Alfredo Jaconi e buscará ampliar margem de gols.

Renato optou por não ter um armador em campo desde o começo da partida. No último treino, ainda em Porto Alegre, ele mostrou como seus jogadores devem se comportar. No trabalho, além do goleador Diego Souza, a equipe titular tinha Isaque, Pepê e Ferreira. Os três terão a missão de atacar e também auxiliar na armação das jogadas. O treinador, que já optou por escalações menos ofensivas ao longo do ano - com Lucas Silva, Matheus Henrique e Maicon ou, por vezes, Darlan -, desta vez parece convicto que ficar na defensiva pode ser um risco à classificação.

Matheus Henrique está confirmado no meio. Lucas Silva e Maicon disputam a outra vaga. Robinho, que podia fazer a função de armador, já jogou pelo Cruzeiro na Copa do Brasil. Everton e Jean Pyerre serão opções para o segundo tempo. Isaque deve voltar mais para buscar a bola pelo meio com Ferreira e Pepê abertos.

Poupados diante do Red Bull Bragantino nesta segunda-feira, os zagueiros Pedro Geromel e Kannemann estão confirmados na zaga. A defesa será completamente diferente do último jogo e terá uma repetição do confronto de ida, com Victor Ferraz na direita e Diogo Barbosa pela esquerda. Orejuela e Cortez, dessa vez, ficam no banco.

Dos jogadores que vêm sendo utilizados por Renato Gaúcho nos últimos jogos, apenas Robinho e Luiz Fernando estão impedidos de jogar. Já defenderam Cruzeiro e Botafogo, respectivamente, na competição. Alisson ainda trata da lesão e não tem previsão de retorno. Empolgado por virar o turno no G4 da Série B, o Juventude deposita suas fichas no artilheiro Breno Lopes, autor de nove gols na divisão de acesso, e no poder de seu ataque.

Breno, Dalberto e cia. já balançaram as redes adversárias 27 vezes na Série B. Nenhum ataque foi tão efetivo. O técnico Pintado promete ir com tudo para abrir o placar logo e acabar com a vantagem mínima do rival. Capixaba será a novidade no meio. Ele entra no lugar de Wagner, que rompeu os ligamentos do joelho e só volta na próxima temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.