José Patrício/Estadão - 21/08/2014
José Patrício/Estadão - 21/08/2014

Com 42 mil ingressos à venda, Corinthians deve ter recorde de público

A maior quantidade de pessoas em jogos da equipe foi na vitória sobre o Criciúma, quando 38.044 pessoas pagaram ingresso

PAULO FAVERO, O Estado de S. Paulo

16 de fevereiro de 2015 | 09h30

O Corinthians vive grande expectativa em relação à venda de ingressos para a partida de quarta-feira, contra o São Paulo, pela Copa Libertadores. A grande procura dos torcedores fará o time bater o recorde histórico de público da Arena Corinthians, sem contar as partidas da Copa do Mundo, pois a capacidade do estádio era maior. Até agora, a maior quantidade de pessoas em jogos da equipe foi na vitória sobre o Criciúma, pelo Campeonato Brasileiro, quando 38.044 pessoas pagaram ingresso.

Até o momento, dos pouco mais de 42 mil bilhetes colocados à venda, foram negociados 25 mil, que já foram pagos, além de 10 mil que estão aguardando a compensação financeira. A expectativa é que nesta segunda-feira a marca já supere o recorde, pois há muito interesse por parte dos torcedores de acompanhar esse confronto. A boa fase da equipe dentro de casa também gera um interesse maior da Fiel em acompanhar de perto essa partida.

Para o lateral-esquerdo Fábio Santos, o bom momento da equipe ajuda a chamar a torcida. "Sabemos que existem jogadores experientes do outro lado, mas voltamos a sentir aquela fome de títulos e vontade de vencer que tínhamos em 2011 e 2012. Você sente que tem muito jogador querendo ganhar, o Tite fica cobrando a todo momento. O ambiente está muito bom. Quando as coisas estão assim, a chance de dar certo é muito grande e a gente torce para que isso aconteça", disse.

Caso os bilhetes se esgotem, é bem possível que o Corinthians consiga também o recorde de renda em seu estádio, que foi de R$ 3.029.801,70 na partida inaugural da arena, contra o Figueirense. Depois de receber o São Paulo, o time do Parque São Jorge vai visitar o San Lorenzo, no dia 4 de março, que jogará com os portões fechados do estádio Nuevo Gasómetro, na Argentina. O clube argetino foi punido pela Conmebol por causa de agressão da sua torcida ao árbitro auxiliar na partida diante do River Plate, pela Recopa Sul-Americana. Um dos bandeirinhas foi atingido por uma pedra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.