Com a Tunísia, Lemerre espera chegar às oitavas da Copa

Depois do fiasco na Copa do Mundo de 2002 no comando da seleção francesa - foi eliminado na primeira fase - Roger Lemerre terá outra chance de conseguir chegar à segunda fase do torneio. Agora, ele no comando da Tunísia, país africano que chega ao terceiro mundial consecutivo. Empolgado ou esbanjando vontade de demonstrar serviço, ele afirmou em entrevista coletiva nesta terça-feira durante o treino que o grande objetivo do time é mesmo chegar à segunda fase."Isso é o sonho de todo o país, pois estão na terceira Copa seguida. Estamos trabalhando para isso com seriedade", disse. O problema é que o retrospecto de ambos não ajuda. Lemerre perdeu dois jogos e empatou um. Já os tunisianos, em três torneios disputados e com nove jogos computados, ganharam um, empataram três e perderam cinco, sendo que nunca passaram da primeira fase.A Tunísia realizou um treino aberto assistido por cerca de mil pessoas, muitos em trajes típicos do país, e com muito batuque. O brasileiro naturalizado Francileudo Santos, atacante, foi o segundo jogador mais aplaudido - perdeu apenas para Bouazizi Riadh, considerado ídolo - joga no Erciyesspor Kayseri, da Turquia - e tem a curiosa marca de 92 jogos pela seleção e apenas 4 gols marcados.O treino desta terça foi ajudado pelo fato de ter parado a chuva na cidade de Schweinfurt, que perto de Frankfurt. Nesta quarta, a Tunísia tem programado um amistoso contra um time da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.