Com acesso garantido, Carleto diz: 'Botafogo tem que brigar pelo título sempre'

O Botafogo alcançou seu grande objetivo em 2015. O acesso à elite do Campeonato Brasileiro foi conquistado de forma antecipada na última terça-feira, com a vitória sobre o Luverdense, mas os jogadores do time carioca não querem parar por aí. O lateral Tiago Carleto, por exemplo, admitiu que o clube tem a obrigação de buscar o título da Série B.

Estadão Conteúdo

12 de novembro de 2015 | 18h28

"Se você pegar uma entrevista minha do começo do ano, vai ver que eu disse que o Botafogo tem que entrar para brigar pelo título sempre. O ano foi para colocar o clube novamente na Série A, mas vamos buscar o título para coroar esse grupo de trabalho. Poderia ser com mais rodadas de antecedência, mas ainda dependemos apenas de nós para sermos campeões. O Botafogo é grande tem que entrar sempre para ser campeão", declarou nesta quinta.

O Botafogo lidera a Série B com 68 pontos, cinco à frente do segundo colocado América-MG, a três partidas para o fim do campeonato. Por isso, pode ser campeão já neste sábado, quando recebe o Santa Cruz. E Carleto garantiu que o acesso já ficou para trás. Agora, a cabeça está no confronto do fim de semana.

"O que posso dizer para vocês é que o grupo já esqueceu o jogo do acesso. Claro que vai ficar marcado, mas será melhor ainda se formos campeões. A euforia já passou e o nosso foco agora está no Santa Cruz, que ainda briga pelo acesso. Estamos focados e queremos muito vencer", afirmou.

Para ficar ainda mais próximo do título, o lateral espera que a torcida botafoguense compareça ao Engenhão no sábado e empurre o time. "A gente convoca a torcida para esse jogo. O Estádio teve a capacidade ampliada e pode ser uma boa oportunidade para uma linda festa. Que venham e lotem o Nilton Santos."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BBotafogoCarleto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.