Hélvio Romero/Estadão - 27/08/2013
Hélvio Romero/Estadão - 27/08/2013

Com acesso, técnico Gilson Kleina espera resolver futuro no Palmeiras

Treinador lamenta indefinição e pede para diretoria escolher se continua no cargo

Daniel Batista, Agência Estado

28 de outubro de 2013 | 19h41

SÃO PAULO - O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, revelou no último sábado, após a conquista do acesso na Série B do Brasileiro, que pretende ter em breve uma conversa com Gilson Kleina para discutir uma possível renovação de contrato - o vínculo atual acaba agora em dezembro. E o treinador não esconde a ansiedade para definir seu futuro, ressaltando que deseja continuar no clube. "Temos que ser profissional sempre, é por isso que a gente nunca abaixou a guarda, sempre dissemos que não era o momento para ter esse tipo de conversa. Agora, com o acesso garantido, talvez a gente consiga resolver essa situação, mas, tanto para mim quanto para a diretoria, é hora de pensar no crescimento do Palmeiras", disse Kleina, em entrevista nesta segunda-feira à Rádio Globo.

Gilson Kleina chegou ao Palmeiras em setembro do ano passado, para substituir o demitido Luiz Felipe Scolari. Não conseguiu evitar o rebaixamento no Brasileirão, mas foi mantido no cargo - mesmo com a troca de diretoria do clube em janeiro. Nesta temporada, cumpriu o principal objetivo, ao conseguir o acesso na Série B. Agora, ele espera dar continuidade ao trabalho no ano que vem. No sábado, Paulo Nobre adiantou que precisava conversar com Gilson Kleina "para saber quais são seus planos e a pedida financeira". "Queremos entender o que ele pensa para a próxima temporada e o que pensa do elenco", explicou o presidente, que sofre pressão interna no clube para contratar um treinador mais experiente para 2014, ano do centenário palmeirense.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasGilson KleinaSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.