Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Com acordo encaminhado, Palmeiras espera concluir saída de Dudu nesta terça-feira

Time tem conversas avançadas com o Al-Duhail, do Catar, para fechar negociação por empréstimo com opção de compra

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

07 de julho de 2020 | 08h00

O Palmeiras espera concluir nesta terça-feira a operação pela saída do atacante Dudu rumo ao Al-Duhail, do Catar. As negociações avançaram nos últimos dias e a tendência é que a troca final de documentos traduzidos e a apresentação oficial dos valores pretendidos selem a saída do jogador. O camisa 7 deve ser emprestado por um ano ao clube do Oriente Médio, que pagará cerca de 7 milhões de euros (cerca de R$ 42 milhões).

Ao fim desse período, o Palmeiras espera concluir a venda definitiva de 80% dos direitos econômicos do atleta e ainda manter uma parcela de 20% para participação em negociações futuras. A confirmação dessa operação futura vai depender de gatilhos contratuais previstos no acordo atual. Participação em uma quantidade definida de jogos e meta de gols vão servir para a equipe paulista receber mais 7 milhões de euros daqui um ano, o que totalizaria cerca de R$ 84 milhões. 

Dudu sinalizou semanas atrás à diretoria que pretendia ser negociado. Entre esse contato e até o provável desfecho, foi preciso aguardar a chegada da proposta oficial do Al-Duhail, assim como estabelecer algumas rodadas de negociação. O último fim de semana e os contatos ao longo da última segunda-feira encaminharam o acordo. Além de acompanhar essas movimentações, o atacante lida com um problema pessoal, ao ter sido acusado de agredir a ex-mulher, Mallu Ohanna. Dudu nega.

O camisa 7 chegou ao Palmeiras no início de 2015, após ser vendido pelo Dínamo de Kiev, da Ucrânia. Com mais de 300 partidas pelo clube, o jogador foi peça importante na conquista dos três últimos títulos nacionais do clube: a Copa do Brasil, em 2015, e os Campeonatos Brasileiros de 2016 e de 2018.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasDuduCatar [Ásia]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.