Com Adriano de titular, Corinthians encara São Caetano

Adriano tem pela frente um novo, e talvez último, recomeço jogando no Corinthians. Depois de muito tempo afastado do time para entrar em forma, o atacante estará em campo neste sábado diante do São Caetano, no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, às 16h20, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

VÍTOR MARQUES, Agência Estado

18 de fevereiro de 2012 | 09h17

Mais magro e com mais mobilidade segundo a comissão técnica, o atacante será titular pela primeira vez desde que chegou ao clube, há quase um ano. "Perguntei ao Fábio (preparador físico) se o Adriano havia atingido o objetivo. Ele me respondeu que sim. Então vai para o jogo. Ele está confiante e pode ter um melhor desempenho do que teve até agora", disse o técnico Tite.

A chance para Adriano veio neste sábado de carnaval, um dia depois de ele ter completado 30 anos, por dois motivos. O primeiro é que o treinador decidiu poupar todos os jogadores que atuaram na partida contra o Deportivo Táchira, na última quarta-feira, na Venezuela. O segundo: Adriano fez um "intensivão" nas últimas duas semanas, passando a maior tempo do tempo concentrado no CT para poder emagrecer. Como atingiu menos de 100 quilos, ganhou nova chance.

Adriano não joga uma partida oficial desde a vitória por 2 a 1 em cima do Atlético Mineiro, no Campeonato Brasileiro do ano passado, há três meses. Ele atuou poucos minutos, mas fez o gol decisivo. Em 2012, jogou 45 minutos de um amistoso contra o Flamengo. Como sua atuação foi muito ruim, e depois ele ainda faltou a um treinamento, a comissão técnica decidiu que ele deveria ficar afastado desde então.

Não se sabe, porém, quanto tempo Adriano conseguirá ficar em campo. Quem o viu treinar aposta que ele tem gás para pelo menos 60 minutos. Mas é uma incógnita e vai depender muito do ritmo do jogo. A tendência a partir de agora é que Adriano seja relacionado a todos os jogos, mesmo que não comece como titular.

O parceiro de Adriano no jogo deste sábado será Willian. Eles têm treinados juntos entre os reservas e estão se entendo bem. Outra parceira que tem dado o que falar nos treinos é a de Adriano e Douglas, que também começa jogando. Tite aposta nesse trio para vencer a partida porque o restante da equipe é formada por reservas que pouco atuam e pela garotada que ganhou a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato PaulistaCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.