Com 'alegria nas pernas', Cafu ganha espaço no São Paulo

O atacante Jonathan Cafu a princípio foi contratado pelo São Paulo para compor o elenco, mas a velocidade e o estilo de jogo destemido rapidamente conquistaram Muricy Ramalho a ponto de o treinador tirar Alan Kardec - intocável no ano passado - para dar uma chance ao ex-jogador da Ponte Preta.

FERNANDO FARO, Estadão Conteúdo

28 de janeiro de 2015 | 16h01

Não é só Muricy que tem se impressionado com o apetite do atacante. Seus próprios companheiros elogiam a disposição com que ele tem se apresentado para as atividades. No jogo-treino contra o time Sub-17 do São Paulo na manhã desta quarta-feira, ele deu uma assistência para Paulo Henrique Ganso e ainda marcou um gol na vitória por 6 a 0.

"O Cafu tem alegria nas pernas e é muito rápido. Dá desafogo para a defesa e para quem está atrás. Por isso, o time pode ser diferente do ano passado. Terminamos 2014 bem por ter jogadores comprometidos taticamente, mas é importante ter atletas com velocidade e habilidade, como o Cafu", elogiou Denilson.

Já em sua apresentação o atacante havia avisado que chegava com a mentalidade de ser titular. Em pouco tempo atropelou a concorrência e ganhou sua chance, mas sabe que ainda precisa mostrar mais serviço se quiser manter o bom início.

"Tive a minha primeira oportunidade entre os titulares com o Muricy, e acredito que fui bem. O time se comportou bem, tentei cumprir o papel que o Muricy me passou e fico feliz pelos elogios. Claro, ainda não tem nada definido, não ganhei nada e por isso tenho a cabeça no lugar. O importante é manter o foco nos treinos para continuar ajudando", disse ao site oficial do clube.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCCafu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.