Gilvan de Souza|Divulgação
Trabalho de Muricy no Flamengo ainda não rendeu bons resultados Gilvan de Souza|Divulgação

Após altos e baixos, cariocas querem surpreender no Brasileirão

Mesmo com elenco modesto, Botafogo quer fazer boa campanha; Flamengo e Fluminense apostam nos treinadores

Fábio Hecico e Vanderson Pimentel, O Estado de S. Paulo

14 de maio de 2016 | 05h00

Futebol ofensivo ainda é a aposta do Flamengo

Os novos conceitos de time de Muricy Ramalho, baseado no esquema 4-3-3, ainda não deram resultados. Mesmo assim, o comandante tetracampeão brasileiro manterá suas filosofias. Dentro de campo, a aposta ainda recai nos pés de Guerrero como homem-gol. Recuperado de lesão, o argentino Mancuello finalmente assumirá a responsabilidade de armar a equipe com liberdade, já que as funções de marcação no meio serão feitas por Cuellar e Willian Arão. O reforço Fernandinho dará uma nova opção de contra-ataque em velocidade ao lado de Marcelo Cirino.

Sem estrelas, Botafogo crê na união do grupo

Ricardo Gomes vem provando no Botafogo que é possível disputar jogos de alto nível sem grandes investimentos, apenas com a força do conjunto. Mas ainda não teve uma prova de fogo como é a elite nacional. Sem estrelas, e com muitos nomes desconhecidos, a equipe retorna à Primeira Divisão prometendo não causar mais sofrimento à torcida, mas também não transmite a ilusão de buscar algo grande na competição. Nem mesmo uma vaga na Libertadores está no planejamento inicial. Lutar pela Sul-Americana e não sofrer com a ameaça do rebaixamento já significa muito.

Fluminense investe em técnico e elenco 'cascudos'

O Fluminense costuma apresentar ao País muitos jovens talentosos formados em Xerém. Neste Brasileirão poderemos ver alguns em ação, mas desta vez a aposta para a quinta conquista nacional será na experiência. Desde o seu comando, com o técnico Levir Culpi, aos jogadores, o que o torcedor verá em campo será um grupo bastante 'cascudo', pronto para disputar a competição mais acirrada do nosso futebol. Comandado pelo artilheiro Fred, o Fluminense terá nomes experientes em todos os setores, com Diego Cavalieri no gol, Henrique na zaga e Pierre e Cícero no meio.

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoBotafogoFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.