Daniel Augusto Jr.|Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr.|Ag. Corinthians

Com apenas 'metade' de Rodriguinho, Corinthians pode perder meia para o exterior

Jogador não dá como certa a permanência para 2017

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

08 de dezembro de 2016 | 17h07

Cobiçado por clubes do exterior, o meia Rodriguinho não tem presença assegurada no Corinthians em 2017. Com contrato até o fim da próxima temporada, o jogador admite que pode fazer neste domingo, diante do Cruzeiro, às 17h, no Mineirão, seu último jogo pela equipe alvinegra, mas garante estar focado em ajudar o time na briga por uma vaga para a Libertadores.

"É normal (sondagens de outros clubes). Quem está bem tem interesse de outros clubes, mesmo, mas estou focado em terminar o ano bem e conquistar objetivos. O que for bom para mim e para o Corinthians, nós podemos sentar e conversar. Mas meu objetivo é cumprir meu contrato até o fim de 2017", disse o meia.

Rodriguinho ganhou espaço após o desmanche na equipe, ocorrido no início do ano. Em meio a tantas críticas, ele quase deixou o clube, mas recuperou seu espaço e hoje é titular absoluto, além de ter se tornado um dos líderes dos jogadores.

"Trabalhei e esperei por esse momento para ter confiança. Foi muito tempo de preparação, de aprendizado e que bom que esse momento chegou. Única coisa é que eu queria estar como ano passado, comemorando título, mas nem sempre dá", lamentou o corintiano.

O Corinthians comprou 50% dos direitos federativos do jogador em 2013. O América-MG, seu antigo clube, ficou com 10%, enquanto o Capivariano, clube administrado por seus empresários, é dono de 40%.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.