Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Com apenas seis convocados, seleção faz primeiro treino com bola

Demais jogadores ainda não encerraram a temporada europeia ou não foram liberados pelos clubes

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

23 de maio de 2019 | 17h58

A seleção brasileira - ou, pelo menos, parte dela - realizou na tarde desta quinta-feira o primeiro treino com bola na Granja Comary, em Teresópolis. Comandados pelos auxiliares técnicos e com Tite apenas observando, seis dos sete jogadores que já estão no CT da seleção fizeram um atividade em campo reduzido. O volante Fernandinho foi poupado.

Fernandinho realizou apenas exercícios físicos e participou de uma roda de conversa com Tite. Depois, voltou à academia. Segundo a assessoria de imprensa da seleção, o volante ficou sob os cuidados do fisioterapeuta Caio Mello. Isso já estaria previsto na programação da comissão técnica.

Com menos de um terço dos atletas convocados já à disposição, a primeira atividade com bola foi bastante restrita. Para completar, mais uma vez a seleção teve que reavaliar seu treino. Se na quarta-feira três dos convocados chegaram após o esperado, nesta quinta o problema veio entre os jogadores de base chamados para compor os treinos: o jovem Allan, do Palmeiras, precisou ser dispensado por motivo de lesão. Maurício, do Cruzeiro, irá se unir ao grupo na sexta.

A seleção volta a treinar na tarde desta sexta. Mais uma vez, apenas sete convocados estarão à disposição de Tite. O grupo deverá ser encorpado apenas na próxima terça, quando sete jogadores que atuam na Europa são esperados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.