Com apoio da torcida, Sport pega Ponte Preta e quer ficar distante da degola

Os cerca de 20 mil ingressos colocados à venda foram esgotados para o confronto

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2016 | 06h00

O Sport faz nesta quinta-feira uma verdadeira decisão contra a Ponte Preta, às 20h30 (de Brasília), no estádio da Ilha do Retiro, no Recife, na abertura da 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time está na 16.ª colocação, com 37 pontos, e uma derrota em casa pode significar a entrada da equipe na zona de rebaixamento ao final da rodada.

A torcida promete fazer a sua parte e já esgotou os ingressos disponíveis - cerca de 20 mil - para a partida. Em campo, o técnico Daniel Paulista definiu que a escalação será a mesma das duas últimas partidas - triunfo sobre o Vitória, em casa, e derrota para o líder Palmeiras, em São Paulo.

De acordo com o técnico, seu objetivo é dar continuidade aos jogadores que fizeram boas partidas nas últimas rodadas. "O time vai ser o mesmo desses dois jogos. Acho que a equipe se comportou bem e precisa dessa continuidade. Os treinos que tivemos foram muito bons. Nossa expectativa é de que possamos continuar evoluindo neste jogo contra a Ponte Preta", adiantou.

Mas o ambiente do time ficou conturbado nesta quarta-feira. O lateral-esquerdo Mansur e o volante Ronaldo dividiram uma bola de forma mais forte no treinamento recreativo (o famoso rachão) e se estranharam. Os dois chegaram a trocar socos, até que a turma do deixa disso chegou e o preparador físico Tacão, que apitava a brincadeira, expulsou ambos.

Mais conteúdo sobre:
Sport Ponte Preta Campeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.