Ari Ferreira/Lancepress
Ari Ferreira/Lancepress

Com arbitragem polêmica, Palmeiras empata no Paulistão

Diego Souza garante o 2 a 2 em Prudente após arbitragem validar gol irregular do Barueri no segundo tempo

André Rigue, estadao.com.br

21 de janeiro de 2010 | 22h52

O Palmeiras empatou na noite desta quinta-feira diante do Barueri no estádio Prudentão, em Presidente Prudente, por 2 a 2, pela segunda rodada do Campeonato Paulista - soma 4 pontos. O time alviverde foi prejudico com um gol irregular do time rival após rebote em cobrança de pênalti.

 

Veja também:

linkPalmeiras descarta contratar Kléber

linkEdinho comemora reencontro com Muricy

especialQUIZ - Você sabe tudo sobre o Paulistão?

lista RESULTADOS / tabelaCLASSIFICAÇÃO

som Ouça os gols do jogo na Eldorado/ESPN

 

Apesar de sofrer com um erro de arbitragem, o Palmeiras não realizou uma boa partida, e sentiu muito a falta de um atacante finalizador - na tática, Muricy manteve o time que goleou o Mogi na estreia. A única mudança foi a entrada de Sacconi na vaga de William.

 

No duelo no Prudentão, o Barueri começou num ritmo forte e não demorou muito para marcar seu primeiro gol em sua nova casa. Aos 8 minutos, o lateral-direito Eder deu passe açucarado para Flavinho dentro da área. O atacante apareceu entre a marcação do Palmeiras, esperou a saída do goleiro Marcos e bateu no canto direito: 1 a 0.

 

O Palmeiras demorou para entrar no ritmo do jogo. Cleiton Xavier e Deyvid Sacconi estavam com dificuldades para penetrar na área. A solução foi chutar de longe. Aos 28 minutos, o Palmeiras chegou ao empate após Sacconi bater de fora da área - na jogada, a bola raspou na cabeça do zagueiro Diego e matou o goleiro Marcio.

 

Após o empate, o duelo ficou mais aberto. Aos 35 minutos, Diego Souza caiu na área após tentar drible em Eder e reclamou de pênalti - o árbitro Paulo César de Oliveira acertou em não marcar. Aos 45, foi a vez do Barueri. Em chute de fora da área de Carlos Eduardo, a bola acertou a trave direita de Marcos.

 

 Barueri2
Marcio; Eder, Diego, Daniel Marques     e Jéfferson; Marcelo Oliveira (Ji Paraná), Marcos Assunção      (João Vitor), Anderson e Carlos Eduardo; Tadeu     e Flavinho (Henrique Dias)
Técnico: Vinícius Eutrópio
 Palmeiras2
Marcos; Figueroa (Daniel), Léo    , Danilo e Armero (Eduardo); Pierre    , Márcio Araújo, Cleiton Xavier e Deyvid Sacconi; Diego Souza e Robert
Técnico: Muricy Ramalho
Gols: Flavinho, aos 8, e Deyvid Sacconi, aos 28 minutos do primeiro tempo; Tadeu, aos 13, e Diego Souza, aos 40 minutos do segundo tempo

Árbitro: Paulo César de Oliveira (Fifa)

Renda: R$ 196.020,00

Público: 10.032 pagantes

Estádio: Prudentão, em Presidente Prudente (SP)

A partida no segundo tempo também começou equilibrada. Contudo, a arbitragem cometeu um erro e prejudicou o espetáculo. Após o palmeirense Robert acertar a trave e perder gol incrível, o Barueri puxou contra-ataque e Tadeu acabou derrubado por Danilo na área: pênalti. Na cobrança, aos 13 minutos, o próprio Tadeu bateu e também acertou o travessão.

 

O erro da arbitragem aconteceu na sequência do pênalti. Após a bola bater na trave de Marcos, Marcelo Oliveira pegou o rebote e tocou novamente para Tadeu, em completo impedimento. O atacante, com o gol livre, mandou para o fundo das redes. Os jogadores do Palmeiras reclamaram, mas Paulo César chamou a responsabilidade e validou a jogada.

 

"O Paulo César não viu o lance e correu para o meio. Era muito mais bonito ele ter admitido o erro. Agora dizer que tinha um zagueiro ao lado do Marcos, é brincadeira", disparou Diego Souza.

 

Em desvantagem, Muricy tentou dar um novo ritmo ao Palmeiras ao retirar seus dois laterais - Figueroa e Armero. Ele colocou o atacante Daniel improvisado na direita e promoveu a estreia de Eduardo na esquerda. O gol de empate, porém, só chegou na bola aérea, aos 40 minutos, com Diego Souza, que cabeceou para as redes após Cleiton Xavier cobrar falta.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.