Com arritmia, atacante Willie passará por cirurgia

O jovem atacante Willie, do Vitória, passou por exames nesta terça-feira que confirmaram uma "arritmia cardíaca assintomática" - o que significa que não há palpitação e nem desmaio - e apontaram a necessidade de intervenção cirúrgica. Ele será submetido à operação nos próximos dias e o clube não comentou sobre o tempo estimado de afastamento dos gramados.

AE, Agência Estado

18 Dezembro 2012 | 20h53

Willie, de apenas 19 anos, estava com a seleção brasileira sub-20 que se preparava para o Sul-Americano, marcado para janeiro na Argentina, quando passou por exames de rotina que apontaram uma alteração cardíaca. O jogador foi imediatamente cortado e encaminhado ao Vitória para a realização de novos exames.

Especialista em arritmia cardíaca, o médico Maurício Lira será o responsável pela operação e explicou o procedimento. "Será uma ablação cirúrgica do defeito elétrico profilático e curativa", comentou.

A cirurgia, aliás, só será realizada porque trata-se de um atleta profissional, de alto rendimento. "Se fosse um paciente normal não havia necessidade da ablação. Por ser um atleta é que será feita a ablação profilática e curativa", declarou o médico do Vitória, Ivan Carilo Pinto.

Willie ganhou espaço no segundo semestre deste ano, quando foi promovido ao grupo profissional, e acabou sendo fundamental na campanha que recolocou o Vitória na Série A do Campeonato Brasileiro. Em 22 partidas, ele anotou quatro gols, o suficiente para chamar a atenção de Emerson Ávila, técnico da seleção sub-20.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.