Chema Moya/EFE
Chema Moya/EFE

Com assistência de Diego Costa, Atlético de Madrid ganha e avança na Copa do Rei

Equipe não teve qualquer trabalho para vencer o Lleida Esportiu por 3 a 0

Estadão Conteúdo

09 Janeiro 2018 | 18h50

Após marcar duas vezes,  Diego Costa não fez gol em seu terceiro jogo no retorno ao  Atlético de Madrid, mas foi decisivo com uma assistência. A equipe não teve qualquer trabalho para vencer o Lleida Esportiu por 3 a 0, em casa, nesta terça-feira, e se garantir nas quartas de final da Copa do Rei. O primeiro gol, de Carrasco, saiu após jogada individual do brasileiro naturalizado espanhol.

+ Confira a classificação do Campeonato Espanhol

Como goleara o time da terceira divisão por 4 a 0 no jogo de ida e estava com a classificação praticamente assegurada, o Atlético de Madrid poupou seus principais jogadores nesta terça-feira. Diego Costa, assim, atuou como titular para ganhar ritmo e formou o ataque com Fernando Torres.

Mas, se havia marcado - e polemizado - nas duas partidas anteriores, dessa vez Diego Costa brilhou com uma assistência.  Roubou a bola no campo de defesa, carregou por longa distância, tabelou com Carrasco, que recebeu passe na área para marcar. Ele foi substituído aos 17 minutos do segundo tempo e viu do banco de reservas os gols de Kevin Gameiro e Vitolo.

Um dos principais responsáveis pelo título do Atlético de Madrid no Campeonato Espanhol de 2014, Diego Costa foi recontratado do Chelsea em setembro, mas não pôde jogar antes devido a uma punição imposta ao time espanhol. Em sua reestreia na semana passada, no jogo de ida das oitavas, ele marcou e sentiu um problema no joelho.

Depois, no sábado, pelo Campeonato Espanhol, anotou no triunfo sobre o Getafe por 2 a 0, mas acabou expulso logo após o gol por comemorar de forma irregular. 

O Atlético de Madrid espera agora o sorteio dos duelos das quartas de final, que será realizado no dia 12 de janeiro, quando todos os confrontos de oitavas estiveram definidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.