Lefteris Pitarakis/AP
Lefteris Pitarakis/AP

Com assistências de Talisca, Besiktas goleia e vai às quartas na Liga Europa

Brasileiro dá dois passes em goleada turca sobre o Olympiacos fora de casa por 4 a 1

Estadão Conteudo

16 de março de 2017 | 17h11

Com atuação inspirada de Anderson Talisca, o Besiktas goleou o Olympiacos por 4 a 1, nesta quinta-feira, e avançou às quartas de final da Liga Europa. Jogando em Istambul, o time turco contou com duas assistências do meia brasileiro e dois gols do holandês Ryan Babel. No jogo de ida, as duas equipes empataram por 1 a 1.

O Besiktas, que também teve o lateral brasileiro Adriano entre os titulares, dominou o rival grego com facilidade. Logo aos 9 minutos, a equipe da casa já abria o placar, com cruzamento preciso de Talisca, pela direita. Aboubakar surgiu na primeira trave para cabecear, sem marcação, para as redes. Aos 22, o time turco voltou à carga, com o primeiro gol de Babel na partida, ao receber livre dentro da área e bater com tranquilidade no canto.

Nove minutos depois, no entanto, o Besiktas quase se complicou na partida. Aos 30, o Olympiacos descontou com gol de voleio de Tarik Elyounoussi. Na sequência, Aboubakar, autor do primeiro gol dos anfitriões, levou o cartão vermelho direto e deixou os anfitriões em desvantagem numérica.

A situação só se acalmou para o Besiktas no segundo tempo, quando Babel anotou seu segundo gol na partida, aos 29. Em chute nem tão forte, o goleiro caiu mal e viu a bola passar por baixo do braço. A festa só foi garantida aos 39 minutos, com gol de Cenk Tosun.

Com o triunfo, o Besiktas aguarda agora o sorteio desta sexta-feira para conhecer seu adversário nas quartas de final. O mesmo acontece com Genk e Celta de Vigo, que também se classificaram nesta quinta-feira.

Em duelo totalmente belga, o Genk empatou com o Gent por 1 a 1. Avançou porque vencera na ida por 5 a 2. E o espanhol Celta voltou a vencer o russo Krasnodar, desta vez pelo placar de 2 a 0. No jogo de ida, havia vencido por 2 a 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.