Kiko Huesca/EFE
Kiko Huesca/EFE

Com assistências de Vini Jr. e gol histórico, Real Madrid vence Shakhtar Donetsk

Benzema abriu o placar no Santiago Bernabéu e marcou o milésimo gol dos merengues na Liga dos Campeões

Redação, Estadão Conteúdo

03 de novembro de 2021 | 17h10

Dois gols de Benzema com assistências do brasileiro Vinícius Júnior garantiram ao Real Madrid uma vitória por 2 a 1 sobre o Shakhtar Donetsk nesta quarta-feira, no Santiago Bernabéu, pela quarta rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. A primeira bola colocada na rede pelo atacante francês, quando o jogo estava empatado sem gols, foi histórica, pois se tratou do milésimo marcado pelo Real Madrid em edições da competição.

Mais do que isso, o resultado levou o time espanhol aos nove pontos, o que o coloca na liderança provisório do Grupo D, posição que pode ser retomada pelo Sheriff, que tem seis pontos e enfrenta a Internazionale mais tarde. Já o Shakhtar ocupa a quarta colocação, com apenas um ponto.

Conhecido por montar elencos cheios de jogadores brasileiros, o Shakhtar entrou em campo com uma escalação brasileiríssima, com o zagueiro Dodô, os laterais Marlon e Ismaily, os meio-campistas Maycon, Tetê e Alan Patrick e o atacante Fernando entre os titulares. Alan foi quem começou mais inspirado, participando intensamente das jogadas ofensivas, tanto que acertou uma bola na trave aos nove minutos.

De qualquer forma, o Real também contava com qualidade brasileira a seu favor, seja mais atrás, com Eder Militão na defesa e Casemiro no meio de campo, ou lá na frente, onde Vinícius Júnior não demorou para usar seu talento. O atacante deu trabalho para a defesa e encontrou o caminho para o time merengue fazer história. Atento, ele roubou a bola de Marlon, dentro da área do Shakhtar e deu passe para Benzema, que marcou o milésimo gol do Real Madrid na história da Liga dos Campeões, feito jamais alcançando por nenhum outro clube.

Com a vantagem no placar, o time da casa passou a focar em manter a posse de bola, mas não teve sucesso na estratégia, pois logo se viu acuado, diante de um adversário com maior volume ofensivo. Então, aos 38 minutos, Fernando, atacante revelado pelo Palmeiras que deixou o Brasil em 2018, fez o gol de empate da equipe ucraniana, ao aproveitar um passe de peito realizado por Alan Patrick.

O segundo tempo começou com o Shakhtar todo no campo de ataque, mais uma vez acuando os donos da casa, o que irritou boa parte da torcida presente no Santiago Bernabéu. A irritação, contudo, não foi além, pois aos 15 minutos Vinícius Júnior serviu Benzema mais uma vez, após limpar a marcação e tabelar com Casemiro, e viu o francês marcar um belo um gol.

O time ucraniano tentou repetir a postura ofensiva, com certo sucesso em ocupar o campo de ataque, mas sem conseguir criar muitas chances claras de gol. Enquanto isso, o Real soube administrar a partida e teve até algumas oportunidades de fazer o terceiro, porém ficou satisfeito com o 2 a 1 no placar.

Enquanto o Real Madrid fazia a lição de casa, o Milan empatava por 1 a 1 com o Porto no San Siro, em jogo válido pelo Grupo B. A igualdade no placar complica ainda mais a situação da equipe italiana, ainda sem vencer um jogo sequer na Liga dos Campeões, com apenas um ponto somado justamente na partida de hoje, após três derrotas. O Porto é o vice-líder, com cinco pontos.

Em campo, o time português saiu na frente, com um gol marcado por Diaz ainda aos seis minutos do primeiro tempo, encerrado com a vantagem dos visitantes no placar. O empate veio apenas aos 16 minutos do segundo tempo, quando Mbemba marcou um gol contra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.