Célio Messias/Estadão
Célio Messias/Estadão

Com atuação tímida, Corinthians vence Guarani por 1 a 0 em Campinas

Equipe não brilha, mas consegue vencer fora de casa e subir para a quinta colocação da tabela

Gabriela Forlin, Agência Estado

24 de março de 2013 | 18h13

CAMPINAS - O

O JOGO

O ritmo do primeiro tempo foi claramente ditado pelo Corinthians, que pressionou mais, chegou várias vezes na área adversária e abriu o placar no início do jogo. Já no primeiro minuto, Renato Augusto cobrou uma falta para a área e Paulo André desviou de cabeça, levando perigo para Léo. Quatro minutos depois, Emerson dominou na entrada da área e fez um bale passe para Guerrero chutar cruzado e balançar a rede no Brinco de Ouro. O Guarani apenas tentou conter os visitantes, mas sem sucesso. Ao mesmo não conseguiu elaborar nenhuma jogada perigosa.

Aos 18 minutos, Renato Augusto apareceu de novo tabelando com Danilo e chutando para o gol. A bola passou pelas pernas do goleiro do Guarani, mas ele ainda conseguiu desviar para escanteio. Menos de dez minutos depois, mais um susto para os mandantes: Renato Augusto arriscou de longe e exigiu boa defesa de Léo. Na sequência, Guerrero tentou aproveitar o rebote, mas não passou pela marcação. Com meia hora de jogo, o Corinthians controlava a partida e poderia ter feito mais gols.

O Guarani não encaixou um bom ataque e apareceu apenas no final da primeira etapa. A bola passou por Paulo André e chegou limpa para Fernando Gaúcho chutar para o gol. No entanto, ele se atrapalhou na hora do domínio e com a marcação de Igor, mandando fraco para Danilo Fernandes. O Corinthians terminou mais perto de marcar o segundo do que de sofrer o empate.

Os times voltaram ao campo sem alterações para o segundo tempo, mas Cássio e Renato Augusto, lesionados, já haviam sido substituídos na primeira fase. Sem Renato Augusto, a configuração dos visitantes mudou. Em vez de dois meias, o time ficou com três atacantes: Emerson pela esquerda, Guerrero no meio e Jorge Henrique na direita.

O Guarani começou a segunda etapa saindo mais para o jogo e tentou timidamente empatar a partida. No entanto, só chegou perto do gol em chute de fora da área. O Corinthians demonstrou ter perdido um pouco do fôlego com que jogou o primeiro tempo, enfraquecendo no meio de campo. A bola parou de chegar até Guerrero e o Guarani até apertou um pouco a marcação, o que resultou em cartões amarelos para Ademir Sopa e Marquinhos.

Aos 22 minutos, Tiago Pagnussat cobrou falta direto para o gol e levou bastante perigo ao gol corintiano, mas não conseguiu balançar as redes. O Corinthians precisava usar mais a velocidade de Jorge Henrique e Emerson para chegar ao gol, mas não foi o que aconteceu. Sem receber bola, Guerrero foi obrigado a voltar ao meio de campo para buscar jogo, mas ele não conseguiu fazer o pivô e liberar espaço para os outros dois atletas.

A chuva apertou em Campinas a partir dos 34 minutos, enquanto Edenílson se preparava para entrar na partida, no lugar de Danilo. Ele entrou, mas nada mudou. Com o gramado encharcado e a chuva desabando, o Corinthians apenas conseguiu manter a vantagem no placar diante da tímida pressão do Guarani.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 0 x 1 CORINTHIANS

GUARANI - Léo; Boiadeiro (Oziel), Tiago Pagnussat, Cássio (Thiago Matias) e Diogo; Coutinho, Ademir Sopa (Cadu), Marquinhos e Thiago Gentil; Ronaldo Mendes e Fernando Gaúcho. Técnico: Branco.

CORINTHIANS - Cássio (Danilo Fernandes); Alessandro, Gil, Paulo André e Igor; Ralf, Guilherme, Danilo (Edenílson) e Renato Augusto (Jorge Henrique); Emerson e Guerrero. Técnico: Tite.

GOL - Guerrero, aos 5 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Ademir Sopa e Marquinhos (Guarani); Danilo (Corinthians).

ÁRBITRO - Welton Wohnrath.

RENDA - R$ 212.366,00.

PÚBLICO - 6.379 pagantes.

LOCAL - Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPaulistãoCorinthiansGuarani

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.