Arte/Estadão
Arte/Estadão

Com atual média de gols na seleção, Neymar deve superar Pelé aos 27 anos

Craque chega ao 30.º gol pelo Brasil na partida contra a África do Sul e pode chegar a 77 em 2019

Diego Salgado, O Estado de S. Paulo

06 de março de 2014 | 14h55

SÃO PAULO - Neymar somou contra a África do Sul seu 30.º gol pela seleção brasileira ao marcar três vezes na goleada por 5 a 0 no Soccer City, em Joannesburgo. Aos 22 anos, o craque do Brasil passou a ocupar o 11.º lugar entre os maiores artilheiros da equipe. Com média de 0,64 gol por jogo, se mantiver esse ritmo, deverá chegar ao topo da lista em 2019, com 27 anos - superando Pelé, que tem 77 gols em jogos oficiais pela seleção - Pelé aumenta sua conta, contabilizando 95 gols, se levar em conta partidas do Brasil diante de clubes.

Neymar tem 47 partidas pela seleção principal, com média de 0,64 gol por jogo. O atacante do Barcelona entra em campo pelo menos 13 vezes por ano para defender o Brasil. Dessa forma, com a mesma média de gols, o craque marcaria oito gols por temporada. No ano passado, por exemplo, ele esteve presente em todas as listas de Felipão. Fez dez gols em 19 confrontos.

Se mantiver o ritmo, Neymar passaria Pelé ao término da temporada de 2019, aos 27 anos e 10 meses. Na ocasião, o jogador chegaria a 79 gols, dois a mais que o Rei. O terceiro colocado, Romário, autor de 55 gols pelo Brasil, seria superado antes de 2017, portanto, daqui a três anos. Ronaldo, outro atacante da lista, perderia a segunda colocação em meados de 2018, quando Neymar poderá chegar à marca de 69 gols pela seleção - o Fenômeno tem 68. Dois aspectos ajudam nessa projeção: o fato de Neymar ter apenas 22 anos, sua performance dentro de campo e as raras contusões.

 

COMPARAÇÃO

Pelé estreou pela seleção brasileira antes de completar 17 anos, em julho de 1957, contra a Argentina. Quase cinco anos depois, aos 21 anos e seis meses, o Rei marcou seu 30.º gol com a camisa amarela. A marca foi alcançada contra a seleção de Portugal, em maio de 1962. Neymar fez sua estreia pelo Brasil aos 18 anos, em agosto de 2010, diante dos Estados Unidos. O gol de número 30 foi comemorado menos de quatro anos depois, aos 22 anos e um mês. Como Pelé, o craque do Barça também balançou a rede em sua estreia. O Rei do Futebol, porém, precisou de apenas 28 jogos para chegar ao número e marcou os 77 gols até  julho de 1971, aos 30 anos.

Logo após marcar o 30.º gol, Pelé se machucou contra a Tchecoslováquia, na segunda partida da Copa do Mundo de 1962. E não jogou mais naquele Mundial. Recuperado, voltou a defender a seleção somente em abril de 1963. A carreira de Neymar é marcada por poucas contusões até agora. Mesmo afastado do Barcelona por um mês, quando perdeu oito confrontos do time, o atacante não deixou de atender a nenhum pedido de Felipão. 

Já Ronaldo festejou seu 30º gol após 48 partidas (média de 0,62 por jogo). O Fenômeno chegou à marca em abril de 1999, aos 22 anos e sete meses. Romário alcançou o número apenas em junho de 1997, quando já havia completado 31 anos. A média de gols, na ocasião, era exatamente a mesma de Ronaldo.

ARTILHEIROS DO BRASIL

1.º

Pelé 77 gols

2.º

Ronaldo 68

3.º

Romário 55

4.º

Zico 54

5.º

Bebeto 39

6.º

Rivaldo 34

7.º

Jairzinho 33

Ronaldinho Gaúcho 33

9.º

Ademir Menezes 32

10.º

Tostão 32

11.º

Zizinho 30

Neymar 30

GOLS DE NEYMAR PELA SELEÇÃO

2010 

Brasil 2 x 0 Estados Unidos (1 gol)

2011 

Brasil 2 x 0 Escócia (2)

Brasil 4 x 2 Equador (2)

Brasil 2 x 3 Alemanha (1)

Brasil 2 x 0 Argentina (1)

Brasil 1 x 0 Costa Rica (1)

2012 

Brasil 4 x 1 Estados Unidos (1)

Brasil 8 x 0 China (3)

Brasil 2 x 1 Argentina (1) 

Brasil 6 x 0 Iraque (1) 

Brasil 4 x 0 Japão (2) 

Brasil 1 x 1 Colômbia (1)

2013 

Brasil 4 x 0 Bolívia (2) 

Brasil 2 x 2 Chile (1) 

Brasil 3 x 0 Japão (1) 

Brasil 2 x 0 México (1) 

Brasil 4 x 2 Itália (1)

Brasil 3 x 0 Espanha (1) 

Brasil 6 x 0 Austrália (1) 

Brasil 3 X 1 Portugal (1) 

Brasil 2 x 0 Coreia do Sul (1)

2014 

Brasil 5 x 0 África do Sul (3)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.