Ari Ferreira/Red Bull Bragantino
Ari Ferreira/Red Bull Bragantino

Com baixas, Red Bull Bragantino visita Sport para manter sonho da Libertadores

Maurício Barbieri não poderá contar com Edimar, suspenso, Léo Ortiz, com covid-19, e Helinho e Artur, machucados

Redação, Estadão Conteúdo

15 de fevereiro de 2021 | 09h30

Para manter vivo o sonho de disputar a Copa Libertadores, o Red Bull Bragantino vai precisar superar muitos desfalques nesta segunda-feira, quando enfrenta o Sport, às 20 horas, na Ilha do Retiro, pela 36ª rodada do Brasileirão.

Vindo de jogos sem derrotas, o time paulista tem 48 pontos e uma vitória não só mantém vivo o sonho de vaga na fase preliminar da Libertadores como também garante a classificação para a Copa Sul-Americana de 2021.

O problema é que o técnico Maurício Barbieri acumula desfalques importantes. No sistema defensivo, são duas baixas. O lateral-esquerdo Edimar recebeu o terceiro amarelo no empate com o Flamengo, por 1 a 1, e o zagueiro Léo Ortiz testou positivo para a covid-19.

Fabrício Bruno será o novo companheiro de Ligger no meio da defesa. Na lateral esquerda, Maurício Barbieri tem Weverson e Lucas Cândido à disposição, com preferência para o primeiro.

As outras duas baixas são no ataque. Com problemas musculares na coxa, Helinho e Artur não viajaram com a delegação para Recife (PE). Bruno Tubarão e Lucas Evangelista são os prováveis substitutos, enquanto Morato corre por fora.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.