Valery Hache/AFP
Valery Hache/AFP

Com Balotelli, Mancini chama 31 jogadores para jogos da Itália na Liga das Nações

Atacante do francês Nice conta com a confiança do técnico da seleção italiana

Estadão Conteúdo

01 Setembro 2018 | 19h40

De fora da Copa do Mundo da Rússia, o técnico Roberto Mancini fará neste mês os dois primeiros jogos oficiais desde que foi contratado em maio passado para comandar a seleção da Itália. Neste sábado, anunciou uma lista de 31 jogadores para os duelos contra Polônia e Portugal pela Liga das Nações, um torneio de seleções recém-criado pela Uefa. Nela estão o atacante Mario Balotelli, que tem a confiança do treinador, e o zagueiro Giorgio Chiellini, da Juventus.

Mancini estreou na Itália em amistosos no mês de junho - ganhou da Arábia Saudita, empatou contra a Holanda e perdeu para a França - e neles convocou Balotelli. O atacante do Nice, da França, tem créditos com o técnico e foi novamente chamado. Já Chielinni não era convocado para a seleção desde a eliminação para a Suécia, em novembro de 2017, na repescagem das Eliminatórias Europeias para o Mundial da Rússia.

A grande novidade da lista é o atacante Pietro Pellegri, de apenas 17 anos, que joga no Monaco, da França. Mancini pretende fazer uma renovação na equipe e o jovem jogador é um dos cinco atletas a serem chamados pela primeira vez. Os outros são: o goleiro Alessio Cragno (Cagliari), os defensores Manuel Lazzari (SPAL) e Cristiano Biraghi (Fiorentina) e o meio-campista Nicolo Zaniolo (Roma).

Neste mês, a Itália enfrentará em casa a Polônia, no estádio Renato Dall´Ara, na cidade de Bolonha, na próxima sexta-feira, e Portugal como visitante, no estádio da Luz, em Lisboa, três dias depois.

Confira a lista de convocados da seleção da Itália:

Goleiros - Alessio Cragno (Cagliari), Gianluigi Donnarumma (Milan), Mattia Perin (Juventus) e Salvatore Sirigu (Torino)

Defensores - Cristiano Biraghi (Fiorentina), Leonardo Bonucci (Juventus), Mattia Caldara (Milan), Giorgio Chiellini (Juventus), Domenico Criscito (Genoa), Emerson Palmieri (Chelsea), Manuel Lazzari (SPAL), Alessio Romagnoli (Milan), Daniele Rugani (Juventus) e Davide Zappacosta (Chelsea-ING)

Meio-campistas - Nicolo Barella (Cagliari), Marco Benassi (Fiorentina), Bryan Cristante (Roma), Roberto Gagliardini (Internazionale), Jorginho (Chelsea-ING), Lorenzo Pellegrini (Roma) e Nicolo Zaniolo (Roma)

Atacantes - Mario Balotelli (Nice-FRA), Andrea Belotti (Torino), Domenico Berardi (Sassuolo), Federico Bernardeschi (Juventus), Giacomo Bonaventura (Milan), Federico Chiesa (Fiorentina), Ciro Immobile (Lazio), Lorenzo Insigne (Napoli), Pietro Pellegri (Monaco-FRA) e Simone Zaza (Torino)

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.