Vítor Silva/SSPress/Botafogo
Vítor Silva/SSPress/Botafogo

Com boa sequência, Marcinho diz negociar renovação com Botafogo

Vínculo do lateral-direito com o alvinegro vai até o fim do ano

Estadão Conteúdo

14 de março de 2018 | 20h18

Vivendo boa fase no Botafogo, o lateral-direito Marcinho revelou nesta quarta-feira que já negocia a renovação de contrato com o clube carioca. O atual vínculo do jogador de apenas 21 anos se encerra no fim da temporada.

+ Após velório em BH, corpo de Bebeto de Freitas segue para o Rio

+ Botafogo lamenta morte de Bebeto de Freitas: 'Um defensor do esporte'

"A gente tem conversado, mas deixo isso com meu pai. Minha ideia não é me preocupar com isso, só atrapalha o jogador. Mas a conversa tem, sim, e está encaminhada", disse o jogador, ao se referir ao seu empresário. Ele não revelou maiores detalhes sobre a negociação.

Com a meta de permanecer no clube, Marcinho agradeceu à diretoria pela nova chance recebida no time, após perder boa parte da temporada passada, por conta de lesão. Em abril de 2017, ele sofreu grave lesão no joelho direito. Somente neste ano está conseguindo retomar uma sequência de jogos.

"Tenho muito a agradecer ao Botafogo pela paciência que teve comigo, com tratamento, com um ótimo cirurgião que é o João Grangeiro", afirmou Marcinho, antes de enumerar os nomes de toda a equipe médica e de fisioterapia que o ajudou em sua recuperação.

Marcinho atribui a boa fase no time ao técnico Alberto Valentim. Não por acaso o treinador foi lateral-direito quando era jogador profissional. E isso tem feito a diferença para o titular do Botafogo.

"Ele tem muito mais noção da posição. Trata todos da mesma forma, mas comigo tem sido pontual, sabe muito ali e tem me ajudado bastante com toques de posicionamento de corpo. Vem sendo bastante importante", afirmou o jogador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoMarcinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.