Divulgação/Valencia
Divulgação/Valencia

Com bom retrospecto, Diego Alves pega mais um pênalti e ajuda Valencia

Goleiro consegue a sua 12.ª defesa em 29 cobranças desde que chegou na Espanha

O Estado de S. Paulo

13 de março de 2014 | 18h53

SÓFIA - O brasileiro Diego Alves foi um dos grandes destaques da vitória por 3 a 0 do Valencia sobre o Ludogorets, da Bulgária, nesta quinta-feira, em jogo válido pela Liga Europa. O goleiro defendeu um pênalti quando o placar era de apenas 1 a 0. Após a partida, ele comemorou a defesa e contou a sua estratégia para desestabilizar a batedor.

"Era um momento decisivo do jogo, eles buscavam o empate, a pressão da torcida era enorme. Um gol deles poderia mudar tudo. Chamo o pênalti de guerra psicológica. Fiquei olhando para ele para ver se me encarava, tento desconcentrar o cobrador. Mas ele não levantou a cabeça. Cada um tem sua estratégia. Fui feliz e consegui evitar o empate. Foi importante para nos reajustarmos com um jogador a menos", disse ele, que, desde que chegou ao Valencia, em 2007, já defendeu 12 pênaltis em 29 cobranças.

Após a defesa de Diego Alves, o Valencia se acertou no jogo e, mesmo sem contar com Keita, expulso no pênalti, encaminhou a classificação jogando fora de casa, marcando mais dois gols, com Cartabia e Senderos. A derrota foi a primeira do Ludogorets nesta edição da Liga Europa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.