Juan Mabromata/AFP
Juan Mabromata/AFP

Com Caballero no gol e Meza no meio, Sampaoli indica time argentino para estreia

Técnico começa a definir equipe que enfrentará a Islândia neste sábado, às 10h (de Brasília)

Estadão Conteúdo

12 Junho 2018 | 11h54

Em treino que separou os prováveis titulares da Argentina dos demais jogadores, o técnico Jorge Sampaoli indicou o time que deve estrear na Copa do Mundo na Rússia, contra a Islândia, às 10 horas (de Brasília) deste sábado, em Moscou. Se a tendência se cumprir, a equipe irá a campo com Willy Caballero, Eduardo Salvio, Nicolás Otamendi, Marco Rojo e Nicolás Tagliafico; Javier Mascherano e Lucas Biglia; Maximiliano Meza, Lionel Messi e Angel Di Maria; Sergio Agüero.

+ Hazard 'prevê' que a Bélgica vai eliminar o Brasil e ganhar a Copa do Mundo

+ Maioria dos brasileiros não tem interesse pela Copa, diz pesquisa

+ Carvajal volta a treinar com a Espanha e afasta risco de corte

A entrada de Caballero na equipe neste treinamento realizado em Bronnitsy tira uma das dúvidas que pairavam sobre o time titular desde o corte de Sergio Romero, que defendeu a meta da Argentina nas duas últimas Copas do Mundo, mas acabou ficando fora deste Mundial por motivo de lesão.

Com relação ao último amistoso da seleção argentina, em 29 de maio, na vitória por 4 a 0 sobre o Haiti, Sampaoli substituiu Gonzalo Higuaín, Federico Fazio e Giovani Lo Celso, enquanto o lugar de Manuel Lanzini, que vai perder o Mundial por causa de uma lesão, foi ocupado por Meza.

 

Na atividade deste sábado, Sampaoli só foi a campo nos 15 minutos abertos para a imprensa, quando os prováveis reservas terminaram treino físico e passaram a trabalhar com bola, com exceção de Ever Banega, que se recupera de lesão. Os titulares trocaram o gramado por uma reunião para discutir aspectos táticos.

Depois da estreia contra a Islândia, a Argentina vai enfrentar a Croácia na segunda rodada do Grupo D, no dia 21, em Nijni Novgorod, e terminará participação na primeira fase contra a Nigéria, no dia 26, em São Petersburgo.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.