Com Candinho, Gláuber vira titular

Há até duas semanas, Gláuber não ficava nem no banco de reservas. Assistia aos jogos de seu Palmeiras pela tevê. Nesta quarta-feira, porém, o jovem zagueiro de 21 anos será titular contra o Cerro Porteño, no Paraguai, pela Libertadores. E ele ganhou a vaga não porque algum outro jogador esteja machucado ou suspenso. Foi por méritos próprios."Fico feliz por ganhar essa oportunidade. Eu não vinha tendo chances com o Estevam Soares, mas quando chega um novo treinador, a gente sempre fica na expectativa de que as coisas mudem. O Candinho resolveu apostar em mim e vou fazer de tudo para tentar corresponder", disse Gláuber, que já havia sido titular contra o Ituano, domingo, pelo Paulista.Segundo Candinho, Gláuber tem três qualidades: sabe sair jogando, faz bem a cobertura de Lúcio e é... canhoto. "Hoje em dia, é raro encontrar um bom zagueiro canhoto", afirmou o treinador do Palmeiras.Natural de São José do Rio Preto e criado na cidade vizinha Nhandeara, Gláuber está no clube desde 2001. Ele admite que este é o jogo mais importante de sua carreira. "Estou um pouco ansioso, é verdade, mas isso é normal. O Candinho e os demais jogadores têm me passado tranqüilidade. Creio que estou preparado", garantiu o zagueiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.