Com casa cheia, torcida do Guarani promete empurrar time para acesso na Série C

Equipe vai jogar em casa e precisa vencer por 2 a 0 para garantir acesso para Série B

Estadão Conteúdo

06 Outubro 2016 | 19h36

Ninguém sabe se o time do Guarani vai cumprir a sua parte na decisão de uma vaga para as semifinais do Campeonato Brasileiro da Série C, neste sábado, às 18h30, diante do ASA. Para ser semifinalista e garantir o acesso para a Série B em 2017, o time paulista precisa vencer por 2 a 0 ou por 3 ou mais gols de diferença para descontar a derrota em Arapiraca (AL) por 3 a 1.

Mas a torcida já está fazendo bem o seu papel. Em apenas um dia foram comprados 7.300 ingressos de um total de 12.400 disponibilizados para o estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP). O setor debaixo do tobogã já está lotado ao preço de R$ 50 e R$ 25. Restam bilhetes para as duas cabeceiras e para o setor de vitalícias e sociais. Foram destinados 1.400 ingressos para a torcida visitante. O preço agora é de R$ 40 a inteira e R$ 20 a meia.

A expectativa é de venda total e casa cheia. A diretoria lamenta apenas a não liberação do setor de tobogã, que passa por reformas e não foi liberado ainda pelo Corpo de Bombeiros. Lá caberiam mais oito mil torcedores.

ANTIDOPING

O presidente Horley Senna confirmou que o clube solicitou e foi atendido na CBF para a realização de exame antidoping. Justificou que no jogo de ida ele viu muita coisa estranha. "Tinha muito jogador caído no chão e no final faltando ar até para respirar". Ele também adiantou que o presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, vice-presidente da CBF, vai estar em Campinas para apoiar o seu filiado.

O técnico Marcelo Chamusca comandou um treino nesta quinta-feira, de novo, com portões fechados. Ele não vai confirmar a escalação, mas a expectativa é de poucas ou nenhuma mudança. Talvez só a saída do volante Zé Antônio para a entrada de Wesley ou Renatinho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.