Marcio Cunha/Chapecoense
Marcio Cunha/Chapecoense

Com 'cenário adverso', direção agenda reuniões e projeta mudanças na Chapecoense

Conselheiros, departamento de futebol e comissão técnica se reuniram na segunda-feira para discutir estratégias de contratação

Redação, Estadão Conteúdo

20 de julho de 2021 | 17h32

Lanterna do Campeonato Brasileiro e único time sem vencer, a Chapecoense prepara mudanças para iniciar reação. Em comunicado oficial nesta terça-feira, a diretoria afirmou que tem realizado uma série de reuniões com todas as partes envolvidas no "cenário adverso". Uma das ações citadas é a redefinição de estratégias de contratação.

Dirigentes do Conselho Deliberativo e do Conselho de Administração se reuniram na última segunda-feira com a comissão técnica e com o departamento de futebol para discutir sobre as estratégias de contratações. O comunicado, entretanto, não traz nenhum detalhe sobre o que pode ser mudado. Conversas com o elenco e com conselheiros do clube também estão agendadas para "reforçar a transparência em todas as ações e sanar quaisquer dúvidas".

A Chapecoense vive momento crítico e ainda não venceu sob o comando do técnico Jair Ventura. Em 11 jogos no Brasileirão, foram quatro empates e sete derrotas, o que deixa o time na lanterna (20.º lugar) com apenas quatro pontos, seis a menos do que o Sport, primeiro fora da zona de rebaixamento.

Além disso, logo no começo de seu trabalho, Jair Ventura amargou derrota por 3 a 0 diante do ABC-RN, em Natal, sendo eliminado na terceira fase da Copa do Brasil depois de ter vencido o primeiro encontro por 3 a 1, em Chapecó (SC). O time agora se prepara para enfrentar o Juventude, na próxima segunda-feira, às 18 horas, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS), pela 13.ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.