Bruno Cantini/ Atlético-MG
Bruno Cantini/ Atlético-MG

Com chance de ser titular, Marquinhos sonha com estreia vitoriosa na Vila Belmiro

Jovem de 20 anos pode ocupar a vaga de Keno, que vem rendendo abaixo do esperado

Redação, Estadao Conteudo

08 de setembro de 2020 | 17h42

O jovem Marquinhos, de 20 anos, pode ser a novidade ofensiva do técnico argentino Jorge Sampaoli, do Atlético-MG, para a partida contra o Santos, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Ele começou entre os titulares na competição, saiu com a chegada de atletas mais experientes, mas agora pode pintar na vaga de Keno, que vem rendendo abaixo do esperado, ou mesmo de Savarino, mal diante do Coritiba. E o garoto está empolgado para seu primeiro jogo em Santos.

"Espero que seja uma experiência boa não apenas para mim. Mas para todos aqui do grupo e que a gente possa sair com a vitória", disse Marquinhos, na esperança de começar a partida. Ele ainda engrossou o discurso que Sampaoli sempre faz questão de repetir: de ser ofensivo, sempre. "O Santos é um time bem treinado, com grandes jogadores. Precisamos ter cuidado com o Marinho, mas temos de atacar, jogar como estamos jogando".

Sampaoli dificilmente repete escalações. Adora usar o time de acordo com os oponentes. Como o Santos tem desfalques defensivos, a correria e habilidade de Marquinhos podem fazer a diferença em um confronto teoricamente equilibrado.

O atacante não poupa elogios para o aprendizado adquirido com o treinador e promete colocar tudo em prática em campo. Desde o início ou como opção ao decorrer do jogo. "O Sampaoli está ajudando muito no meu crescimento. É um grande técnico, que já treinou Messi, o melhor do mundo, então estou tentando aproveitar muito o que ele me passa para que possa evoluir cada vez mais", afirmou, encantado com o trabalho do argentino. "Ele conversa comigo, fala que posso virar um grande jogador".

Para o duelo na Vila Belmiro, o zagueiro Réver, gripado, é desfalque certo. Mariano e Guga disputam vaga na lateral direita e Hyoran deve perder o lugar no meio de campo. Allan jogaria como volante e Guilherme Arana voltaria à ala esquerda.

MUDANÇA

A CBF informou nesta terça-feira que o jogo do Atlético-MG deste domingo diante do Red Bull Bragantino, no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, pela 10.ª rodada, mudou de horário. Antes marcado às 11 horas, será disputado às 16 horas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.