Daniel Augusto Jr|Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr|Agência Corinthians

Com chance para reservas, Corinthians reencontra William Pottker e a Ponte Preta

Jogador da Ponte esteve perto de ser anunciado pelo time, mas viu acordo ser desfeito após atuar na Copa do Brasil

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

12 de março de 2017 | 07h01

Tinha tudo para ser um clássico estadual de dois times com diretorias amigas e que saberiam administrar uma negociação envolvendo um dos principais jogadores de um dos lados. Porém, Corinthians e Ponte Preta fazem neste domingo, no Moisés Lucarelli, às 16h, partida que deve ter gosto especial para o vencedor, pelo menos entre os cartolas. 

A fracassada negociação de William Pottker faz com que os holofotes sejam direcionados para três jogadores nesse confronto. O próprio atacante e os corintianos Yago e Lucca, que foram emprestados justamente pela negociação com o artilheiro do time de Campinas.

A diretoria do Corinthians assegura que foram conversas independentes, mas nos bastidores é sabido que o zagueiro Yago e o atacante Lucca foram emprestados de graça para a Ponte Preta como parte da negociação por Pottker, que já marcou quatro gols no Campeonato Paulista e briga pela artilharia.

O acordo foi desfeito após a Ponte escalar o jogador na Copa do Brasil, algo que irritou os dirigentes corintianos por, desse modo, não ter mais como utilizá-lo no mesmo torneio. Ironicamente, o time de Campinas foi eliminado da competição e a queda diante do Cuiabá causou a demissão do técnico Felipe Moreira.

As duas equipes vivem momentos interessantes no Estadual. Apesar da eliminação na Copa do Brasil, a Ponte é líder no Grupo D, com 14 pontos, quatro a mais do que o Santos, terceiro colocado. Uma vitória, aliada com tropeço do time santista, deixa a situação confortável para o clube de Campinas. 

O Corinthians tem a melhor campanha da disputa, com 18 pontos, e o cansaço atingiu em cheio o elenco. Tanto que o técnico Fábio Carille, que não gosta de fazer rodízio entre os atletas, se viu obrigado a dar descanso para boa parte dos titulares, visando a sequência de jogos importantes neste mês. 

Chance de aparecer. O comandante corintiano tem dúvidas em praticamente todos os setores da equipe, até no gol, e definirá quem atua momentos antes de a bola rolar. Cássio tem sido poupado de alguns treinos e quase não enfrentou o Luverdense por causa de um estiramento na coxa. Se for poupado, Matheus Vidotto pode jogar. 

Desfalque garantido é Gabriel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Em seu lugar, Paulo Roberto ganha a primeira chance em jogo oficial na temporada. Pablo, Jadson e Jô também deverão ser preservados e Marlone, até pouco tempo titular absoluto, pode ter nova oportunidade e começar a reconquistar seu espaço na equipe. 

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Yago e Jeferson; Fernando Bob, Matheus Jesus e Ravanelli; Clayson, Lucca e William Pottker  

Técnico: João Brigatti

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Balbuena e Moisés; Paulo Roberto, Maycon, Marlone, Giovanni Augusto e Léo Jabá; Kazim 

Técnico: Fábio Carille

Juiz: Vinícius Gonçalves Araújo 

Local: Moisés Lucarelli, em Campinas 

Horário: 16h 

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.