Dorival Rosa| Portuguesa| Divulgação
Dorival Rosa| Portuguesa| Divulgação

José Luiz Ferreira é eleito presidente da Portuguesa

Após a renuncia de Jorge Manuel Gonçalves, clube anuncia seu novo comandante

Estadão Conteúdo

29 de abril de 2016 | 15h50

Exatamente um mês depois de Jorge Manuel Marques Gonçalves renunciar, a Portuguesa tem um novo presidente. Em eleição realizada na noite desta quinta-feira, no Canindé, o advogado José Luiz Ferreira de Almeida "ganhou" a chance de comandar o clube, de forma temporária, até dezembro deste ano. "Ganhou" é modo de dizer, porque a sua chapa foi a única registrada.

"Estou emocionado. Atingi o máximo dos sonhos da vida. Sou sócio desse clube desde setembro de 1965. Isso (Portuguesa) foi minha vida desde criança", falou, emocionado, o novo mandatário rubro-verde.

A eleição foi tranquila, diferentemente dos dias que antecederam a votação. Isso porque alguns conselheiros tentaram impugnar sua candidatura alegando que estava com mensalidade atrasada no momento em que inscreveu a chapa. No entanto, José Luiz Ferreira de Almeida entrou com recurso e pôde ser eleito.

"Não existe mais divisão, não existe mais luta política. Isso não é utopia. Vou trazer todo mundo para o meu lado. Quem tiver proposta vou ouvir. Quero resgatar os grandes homens que se afastaram do clube. Vamos trazer todo o sacrifício, posso até fazer o impossível, mas a Portuguesa vai voltar a ser o que era", assegurou José Luiz Ferreira de Almeida.

As outras pessoas que vão compor a nova diretoria ainda não foram divulgadas. "Faltam alguns nomes", disse o presidente. Agora a expectativa de torcedores e conselheiros é saber se o novo presidente vai ficar no cargo até o fim do seu mandato.

Os dois últimos mandatários renunciaram - Ilídio Lico, em março de 2015, e Jorge Manuel Marques Gonçalves, em março deste ano. José Luiz Ferreira de Almeida, inclusive, foi vice-jurídico na gestão de Ilídio Lico.

Tudo o que sabemos sobre:
PortuguesaCanindé

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.