Ivan Storti/ Santos FC
Ivan Storti/ Santos FC

Com chuva, Santos cancela treino e embarca para viagem de 9 horas até o Equador

Delegação santista acabou embarcando após fazer somente uma atividade física no hotel, ao invés de ir ao gramado

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2020 | 20h54

Após empatar sem gols com o Botafogo, no domingo, o Santos permaneceu no Rio de Janeiro na segunda-feira, mas não conseguiu treinar como queria nesta terça, antes de embarcar para nova rodada da Copa Libertadores, no Equador. Em razão da chuva, o time paulista precisou cancelar a atividade que faria no CT do Fluminense, nesta manhã.

A delegação santista acabou embarcando para o Equador após fazer somente uma atividade física no hotel, ao invés de ir ao gramado. O clube paulista fretou voo para encarar a longa viagem de nove horas de duração entre a capital fluminense e a cidade de Manta, onde vai enfrentar o Delfín, na quinta-feira.

"Já estamos vendo os baralhos pra gente ir jogando porque é uma viagem longa, cansativa. O bom que o voo é fretado, então dá pra gente ir mais relaxado. É aproveitar. Ficar na resenha pra viagem não demorar tanto, passar logo", disse o atacante Arthur Gomes, em entrevista à Santos TV.

O jogador prevê dificuldade não apenas por conta do desgaste físico da viagem. "Jogo de Libertadores é sempre muito disputado, a gente sabe disso, e, com certeza, o nosso time vai lutar bastante. Mentalidade nesse jogo é conquistar a vitória, e se Deus quiser é fazer um bom jogo lá e sair com ponto positivo."

Um dos destaques do Santos desde a retomada das competições, Arthur Gomes vem ganhando oportunidades até mesmo para atuar improvisado no meio-campo, como aconteceu no empate do fim de semana, em duelo válido pelo Brasileirão.

Outra aposta do técnico Cuca é Soteldo. Um dos artilheiros do time na temporada, ele ainda busca o primeiro gol nesta Libertadores. "Infelizmente, contra o Olimpia a bola acabou batendo na trave e não quis entrar. Jogo em busca do gol não apenas na Libertadores, toda vez que entro em campo quero marcar. Quero poder contribuir e contra o Delfín não vai ser diferente", declarou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.