Com cinco brasileiros, Paris Saint-Germain estreia na Liga com goleada

Thiago Motta e Marquinhos fizeram três dos quatro gols da equipe francesa

AE, Agência Estado

17 de setembro de 2013 | 18h08

ATENAS - O PSG contou com cinco jogadores brasileiros apenas no seu time titular para estrear na Liga dos Campeões vencendo o Olympiakos, fora de casa, por 4 a 1, nesta terça-feira, em Atenas. E todos os gols do time francês ou foram feitos por brasileiros ou tiveram assistência de um deles.

O primeiro gol foi o único que fugiu do padrão "cabeceio no primeiro pau". Ibrahimovic enfiou para Maxwell, que saiu na cara do goleiro e não foi fominha. Rolou para Cavani e deixou o uruguaio marcar, aos 19 minutos do primeiro tempo. O Olympiakos só fez um gol, mas foi uma pintura. Weiss ganhou de Maxwell na direita, invadiu a área com um drible por baixo das pernas de Marquinhos, deixou Thiago Silva no chão com um drible curto e bateu para o gol.

No intervalo Lucas saiu para a entrada de Lavezzi e aí veio a sequência de lances iguais. Aos 23, escanteio batido pelo argentino, pela esquerda, na cabeça de Thiago Motta, no primeiro pau. Aos 28, lance absolutamente idêntico. Aos 43, Motta, que nasceu no Brasil, mas defende a seleção italiana, foi quem levantou a bola, pela direita, para Marquinhos subir sozinho e fazer. Nesse meio tempo, Ibrahimovic ainda perdeu um pênalti, que Roberto Jiménez defendeu.

BENFICA

Também pelo Grupo C, o Benfica fez a parte dele em Portugal. Diante do Anderlecht, da Bélgica, saiu na frente com o sérvio Duricic. Luisão fez o segundo. No lance, o brasileiro recebeu na área, matou no peito e bateu de virada para fazer lindo gol.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPSGBenficaLiga dos Campeões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.