Com cinco desfalques, Brasil pega o Uruguai no sub-20

No desespero, a seleção brasileira sub-20 entra em campo nesta terça-feira, em Assunção, às 23 horas (de Brasília), em busca da vitória diante do Uruguai, líder do hexagonal final, para continuar com chances de conquistar uma das duas vagas para os Jogos Olímpicos de Pequim 2008.Com dois empates, o Brasil é apenas o quarto colocado do hexagonal. Para complicar ainda mais, no último jogo, diante do Chile, os brasileiros se envolveram numa grande confusão com o árbitro colombiano Albert Duarte, que marcou dois pênaltis polêmicos para os chilenos.O resultado foi que o técnico Nelson Rodrigues perdeu quatro atletas, que acabaram expulsos: o atacante Luiz Adriano, o lateral-esquerdo Carlinhos, o zagueiro Thiago Heleno e o volante Fernando. Além deles, o meia William recebeu o segundo amarelo e também não poderá participar - Tcho deve entrar em seu lugar.De todas as ausências, a que mais preocupa é a de Carlinhos. Como ele era o único lateral-esquerdo do elenco, Nelson Rodrigues deve improvisar o lateral-direito Fagner no setor. Para o lugar de Luiz Adriano, Edgar e Fabiano Oliveira disputam a vaga. Anderson será o substituto de Thiago Heleno. Já Fernando, que era reserva, acabou banido da competição pela Conmebol.Pelo lado uruguaio, o técnico Gustavo Ferrín considera o empate um bom resultado. Mesmo assim, ele pediu para seus jogadores explorarem a defesa brasileira, que cometeu muitas falhas diante do Chile. A principal aposta é no atacante Edinson Cavani, artilheiro do Sul-Americano, com seis gols.Mais duas partidas complementam a terceira rodada. Destaque para Chile e Argentina, que estão empatados em segundo lugar com quatro pontos. Quem vencer fica próximo de conquistar uma vaga para Pequim. No outro duelo, Paraguai e Colômbia brigarão pelo primeiro ponto na fase.Ficha técnica:Brasil x UruguaiBrasil - Cássio; Amaral, Eliezio, Anderson e Fagner; Roberto, Lucas, Leandro Lima e Tcho; Edgar (Fabiano Oliveira) e Alexandre Pato. Técnico: Nelson Rodrigues.Uruguai - Yaí Fontes; Damián Suárez, Gary Kagelmacher, Martín Cáceres e Juan Manuel Díaz; Marcel Román, Diego Arismendi, Gerardo Vonder Putten e Juan Surraco; Elías Figueroa e Edinson Cavani. Técnico: Gustavo Ferrín.Árbitro - Sergio Pezzotta (ARG). Início - 23 horas. Local - Estádio Defensores del Chaco, em Assunção (PAR). TV -Bandeirantes e ESPN Brasil.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.