Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Marquinhos Gabriel acha difícil continuar no Santos em 2016

Meia tem contrato de empréstimo até dezembro

O Estado de S.Paulo

16 Novembro 2015 | 17h57

Com contrato até o próximo dia 31 de dezembro, o meia Marquinhos Gabriel não parece muito confiante em permanecer no Santos para a próxima temporada. O jogador, que está emprestado pelo Al-Nassr, da Arábia Saudita, disse que sua situação é tão difícil quanto o também meia Paulo Henrique Ganso retornar do São Paulo.

"Escutei que o Modesto (Roma Júnior, presidente do Santos) disse que tem interesse, mas é difícil (o acerto com Paulo Henrique Ganso), mas a minha negociação também é. Espero que minha situação seja resolvida. Se não der certo, teremos a consciência para sabermos que fizemos o possível e isso tem que ser esclarecido", disse o meia, autor de nove gols em seis jogos com a camisa alvinegra.

De fato, a situação parece pouco favorável para Marquinhos Gabriel continuar no Santos. Ele chegou por empréstimo ao clube com o valor de compra fixado de US$ 4 milhões (cerca de R$ 15 milhões) e os árabes não parecem dispostos a negociar o valor.

Quanto a Paulo Henrique Ganso, a negociação é ainda mais complicada. O Santos precisa encontrar investidores para recontratar o meia, sonho do presidente desde que ele foi eleito. Até o momento, foram feitas algumas reuniões, mas todos os lados envolvidos na negociação não mostram muito otimismo no acerto. Além da questão financeira, a torcida alvinegra parece ainda não ter aceito a forma com que ele deixou o clube em 2012.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.