André Penner|AP
André Penner|AP

Com contrato até junho, Maicon afirma que quer continuar no São Paulo

Zagueiro torce por acordo com o Porto para renovar vínculo

O Estado de S. Paulo

29 de abril de 2016 | 18h38

O zagueiro Maicon, do São Paulo, afirmou nesta sexta-feira que permanecer do São Paulo além do tempo de contrato de empréstimo firmado com o Porto, até 30 de junho. O defensor disse gostar do clube e comentou que torce para que as diretorias entrem em acordo para que se confirme a permanência dele. 

"Todo mundo sabe do meu desejo de permanecer, mas não depende só de mim. Tenho vários jogos no contrato e espero cumprir todos. Se Deus quiser, com a ajuda do São Paulo e do Porto, se for para prolongar, vamos prolongar", disse o defensor em entrevista ao SporTV. "Já falei meu desejo de continuar, eu quero. Mas não depende só de mim. Vamos ver nos próximos meses o que vai acontecer", completou.

A diretoria do São Paulo conversa com o clube português para ter o zagueiro em definitivo. O plano é trocá-lo por jogadores da base. Entre as opções, está enviar ao Porto até dois nomes entre as três seguintes opções: o lateral-esquerdo Inácio e os zagueiros Lucão e Lyanco. Este último, é o que mais interessa, por ter passaporte europeu.

Pelo clube do Morumbi o zagueiro tem 14 partidas e um gol marcado, contra o Oeste, pelo Campeonato Paulista. Maicon tem sido titular do técnico Edgardo Bauza ao lado de Rodrigo Caio na defesa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.