Conmebol
Conmebol

Com Crespo, Gallardo e Guardiola, revista divulga lista dos 50 melhores técnicos do mundo

Treinador do São Paulo é lembrado por sua conquista da Copa Sul-Americana pelo Defensa y Justicia, em 2020

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de maio de 2021 | 13h31

Tradicional no mundo do futebol, a revista britânica FourFourTwo (4-4-2, em alusão ao esquema tático) divulgou uma lista dos 50 melhores técnicos do último ano. Apenas três comandantes estão atuando em mercados fora da Europa, um deles é Hernán Crespo. O argentino, de 45, anos assumiu o São Paulo neste ano e, nesta quinta-feira, começa a jornada em busca do seu primeiro título pelo clube do Morumbi: o Campeonato Paulista Sicredi 2021.

Segundo a publicação, Crespo ocupa a 50ª colocação justamente por seu trabalho anterior ao São Paulo, que o levou a ser contratado pela diretoria brasileira. O treinador conquistou o primeiro título internacional do Defensa y Justicia com a Copa Sul-Americana em 2020. De acordo com a FourFourTwo, o argentino foi um jogador "poderoso e tenaz" e tem mostrado "tons similares" como técnico, além de ser influenciado por Marcelo Bielsa.

A lista é liderada por ninguém menos que Pep Guardiola, que mais uma vez levou o Manchester City ao topo da Inglaterra e está perto de conquistar mais uma Liga dos Campeões para sua vasta coleção de troféus. Os dez primeiro colocados ainda contam, respectivamente, com:

Antonio Conte (Internazionale)

Diego Simeone (Atlético de Madrid)

Jürgen Klopp (Liverpool)

Julian Nagelsmann (RB Leipzig)

Hans-Dieter Flick (Bayern de Munique)

Thomas Tuchel (Chelsea)

Mauricio Pochettino (Paris Saint-Germain)

Gian Piero Gasperini (Atalanta)

Brendan Rodgers (Leicester).

Fora do continente europeu, além de Crespo, apenas mais dois treinadores estão presentes na relação. Um deles é Rafa Benítez, do Dalian Yifang, da China, que ocupa a 43ª posição. A revista se refere a ele como "o chefe", e diz que é adorado mundialmente por ser cordial e por ter conquistas únicas por toda a Europa. Aos 61 anos, ele deixou recentemente o futebol asiático.

O outro é Marcelo Gallardo, técnico do River Plate, que ocupa a 30ª colocação geral. Com seu nome ventilado em clubes brasileiros, o argentino de 45 anos é visto como uma grande "promessa" sul-americana quando o assunto é o mercado de técnicos. A publicação afirma que ele usa a tradicional formação 4-4-2, mas que é completamente capaz de mudar o esquema rapidamente para surpreender seus adversários. Recentemente, o River conquistou um feito incrível ao vencer o Santa Fe com uma vasta lista de jogadores ausentes, tendo até de jogar com atletas de linha no gol.

Outros nomes conhecidos mundialmente também fazem parte da lista, como Ole Gunnar Solskjaer (do Manchester United) na 13ª posição, José Mourinho (da Roma) na 19ª posição, Zinedine Zidane (do Real Madrid) na 21ª posição, entre outros.

Confira a lista completa abaixo:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.