Com crise mundial, Abramovich estuda venda do Chelsea

O empresário russo Roman Abramovich, afetado pela crise financeira mundial, estuda a possibilidade de vender o Chelsea ou o seu luxuoso iate ?Pelorus?. A depreciação dos ativos e outros efeitos da crise haviam reduzido a fortuna pessoal de Abramovich de 16,7 bilhões de euros a ''apenas'' 2,3 bilhões de euros, de acordo com a agência oficial russa Prime-Tass.O magnata elege entre vender o Chelsea, em que desde julho de 2003 investiu cerca de 210 milhões de euros, ou o seu iate de 115 metros quadrados avaliado em 200 milhões de euros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.