EFE
EFE

Com Daniel Alves, Barcelona é derrotado pelo Boca Juniors nos pênaltis pela Maradona Cup

Amistoso rende troféu em homenagem ao astro do futebol argentino Diego Maradona, falecido há pouco mais de um ano

AFP, AFP

14 de dezembro de 2021 | 20h38

O Boca Juniors conquistou a Maradona Cup nesta terça-feira ao derrotar o Barcelona nos pênaltis por 4 a 2 em um amistoso disputado no estádio Mirssol, em Riad, em que estava em jogo um troféu em homenagem ao astro do futebol argentino Diego Maradona, falecido há pouco mais de um ano. A partida também marcou a volta de Daniel Alves aos gramados.

No tempo regulamentar, que terminou empatado em 1 a 1, Ferran Jutglá abriu o placar para o Barça aos 59 minutos com um chute impecável de primeira e Exequiel Zeballos deixou tudo igual para os 'xeneizes' na reta final (76).

Na disputa de pênaltis, Marcos Rojo, Carlos Izquierdoz, Cristian Pavón e Aaron Molinas marcaram pelo Boca, enquanto Dani Alves e Ferran Jutglá converteram para o Barcelona. O goleiro do time argentino, Agustín Rossi, defendeu o chute de Matheus Pereira e Guillem Jaime mandou para fora. 

Para este jogo, Xavi, o treinador da equipe catalã, colocou em campo um time misto, com o experiente Dani Alves, de 38 anos, disputando o primeiro jogo de seu segundo ciclo no Barça, enquanto Sebastián Battaglia, técnico do Boca, escalou a equipe titular.A homenagem a Diego Maradona contou com a presença de Dalma e Giannina Maradona, filhas do lendário ex-jogador falecido em 25 de novembro de 2020 aos 60 anos, e de Claudia Villafañe, sua primeira esposa.

ESCALAÇÕES

BARCELONA - Neto; Dani Alves, Eric García (Mika Màrmol), Clement Lenglet (Oscar Mingueza) e Alex Baldé; Riqui Puig, Alvaro Sanz (Matheus Pereira) e Philippe Coutinho (Guillem Jaime); Sergino Dest (Arnau Comas), Yusuf Demir (Ilias Akhomach) e Ferrán Jutglá. Técnico: Xavi.

BOCA JUNIORS - Agustín Rossi; Luis Advíncula (Cristian Pavón), Carlos Izquierdoz, Marcos Rojo e Frank Fabra; Agustín Almendra (Diego González), Jorman Campuzano (Eduardo Salvio) e Juan Ramírez (Aaron Molinas); Edwin Cardona (Exequiel Zeballos); Sebastián Villa (Carlos Zambrano) e Luis Vázquez (Alan Varela). Técnico: Sebastián Battaglia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.