Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Com defesa em alta, Palmeiras pode bater recorde histórico no dérbi

Time de Felipão terá a maior sequência de jogos sem levar gol se mantiver desempenho até clássico com o Corinthians

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

24 Agosto 2018 | 19h10

O elenco do Palmeiras vai defender nos próximos jogos a invencibilidade da defesa e a chance de entrar para a história do equipe. Com uma série atual de oito partidas sem levar gol, a terceira maior do clube, o time atual pode chegar à marca recorde de 13 jogos sem ser vazado se mantiver a boa forma ao menos até o fim do clássico com o maior rival, o Corinthians.

Em 9 de setembro, no Allianz Parque, o Palmeiras receberá o alvinegro em clássico pelo Campeonato Brasileiro. Se continuar sem levar gols até lá, o time alviverde terá alcançado a sua a maior sequência da história sem ser vazado. O recorde atual é de 12 partidas e foi obtido entre abril e maio de 1987, durante a disputa do Campeonato Paulista daquele ano.

Semanas atrás, o técnico Luiz Felipe Scolari afirmou que procurava citar essas estatísticas para motivar o elenco a continuar atento ao setor defensivo. A equipe não leva gol há um mês e desde a chegada do treinador gaúcho, não teve as redes balançadas pelos adversários. "Temos o mérito lá no ataque de iniciar a marcação, que dificulta para o adversário chegar ao nosso gol. Todo mundo fecha os espaços e dá pouca chance", disse o atacante Willian.

Antes de encarar o Corinthians, o Palmeiras terá na sequência o Inter, em Porto Alegre, o Cerro Porteño, em casa, a Chapecoense, fora, e o Atlético-PR, também na arena. Se a equipe mantiver a sequência defensiva nesses compromissos, terá se igualado ao time de 1987 e poderá ultrapassar a marca de 12 jogos no clássico com o Corinthians.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.