Cesar Greco/Palmeiras
Cesar Greco/Palmeiras

Com defesa mais segura e ataque entrosado, Palmeiras busca 6ª vitória seguida no Brasileirão

Time de Abel Ferreira encontrou melhor formação e persegue contra o Atlético-GO mais um triunfo na temporada

Ricardo Magatti, O Estado de S.Paulo

10 de novembro de 2021 | 05h00

Empolgado com as cinco vitórias consecutivas no Brasileirão que o recolocaram na vice-liderança do torneio e deixaram o elenco mais confiante a 17 dias da final da Libertadores, o Palmeiras faz nesta quarta-feira seu primeiro jogo no Allianz Parque liberado para receber 100% de sua capacidade. O time de Abel Ferreira enfrenta às 20h30 o Atlético-GO, em duelo da 31ª rodada.

O Palmeiras se beneficiou de tropeços do Flamengo para retomar a segunda colocação, com 55 pontos. Ainda está no páreo pelo título, embora saiba que o Atlético-MG, que soma 65, não tem dado brechas e se aproxima a cada rodada da conquista nacional.

O Palmeiras engatou uma sequência de vitórias sobre Ceará, Inter, Sport, Grêmio e Santos que mudou o ambiente na Academia de Futebol. O time tem jogado bem e Abel encontrou a melhor formação, sobretudo após a entrada de Gustavo Scarpa na vaga de Luiz Adriano e o deslocamento de Rony para o comando de ataque. Raphael Veiga tem brilhado e é o artilheiro do time no ano, com 16 gols.

"Vejo o Palmeiras em um momento bom, melhorando seu desempenho jogo a jogo. Passamos por uma turbulência e isso nos trouxe um aprendizado também. Nessas cinco vitórias, tivemos grande performance, isso é importante, dentro do que o Abel fala de que esses jogos nos preparam pelo que vem pela frente. Temos mais uma oportunidade na quarta de fazer uma excelente performance diante de um adversário que tem suas qualidades", afirmou o goleiro Weverton, que completou na Vila Belmiro 200 jogos pelo Palmeiras. É o nono goleiro no ranking entre os que mais vestiu a camisa alviverde.

A produção ofensiva tem sido boa e a defesa melhorou seus números. Nos últimos seis jogos, período em que a equipe está invicta, foram apenas três gols sofridos, diante de Ceará, Sport e Grêmio. A retaguarda não foi vazada contra Bahia, Inter e Santos. Houve uma evolução considerável, especialmente se comparar com as cinco partidas anteriores, em que o time levou dez gols. "A sensação que fico é que, cada vez mais, os jogadores sabem jogar sem bola, cada vez mais entendem o jogo", elogiou Abel, orgulhoso de seus atletas.

Diante dos goianos, o treinador português poderá contar novamente com Renan e Felipe Melo, preservados do clássico contra o Santos. O zagueiro foi poupado por ter sentido dores na panturrilha, e o volante, em consequência do desgaste físico. Renan jogará, só não se sabe se na zaga ou na lateral esquerda, na qual também pode atuar Jorge. Ele se recuperou de um problema muscular, está em fase final de transição física e pode voltar à equipe já nesta quarta.

O atacante Wesley foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por causa da expulsão que sofreu contra o Bahia e acabou punido com apenas um jogo de suspensão, já cumprido. Portanto, o jovem está à disposição de Abel para esta reta final de Brasileirão.

Os desfalques são os estrangeiros. O zagueiro paraguaio Gustavo Gómez e o lateral uruguaio Piquerez. Eles defendem suas respectivas seleções nas Eliminatórias para a Copa do Mundo e perderão ao menos dois jogos. Além do duelo com o Atlético-GO, também é certo que não enfrentam o Fluminense no fim de semana. Tite decidiu não convocar atletas que atuam no Brasil. Com isso, Weverton não desfalcará a equipe desta vez. 

PALMEIRAS X ATLÉTICO-GO

PALMEIRAS - Weverton; Marcos Rocha, Luan, Kuscevic e Renan (Jorge); Felipe Melo, Danilo (Zé Rafael), Raphael Veiga, Gustavo Scarpa e Dudu; Rony. Técnico: Abel Ferreira.

ATLÉTICO-GO - Fernando Miguel; Dudu, Wanderson, Éder e Igor Cariús; Willian Maranhão, Marlon Freitas e André Luís; Janderson, Zé Roberto e João Paulo (Ronald). Técnico: Eduardo Souza.

ÁRBITRO - Anderson Daronco (Fifa/RS)

HORÁRIO - 20h30

LOCAL - Allianz Parque

TV - Premiere.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.