Com desfalques de Guerrero e Rhodolfo, Flamengo joga contra o Grêmio no Rio

Réver retorna e deve formar dupla de zaga com Rafael Vaz; Geuvânio está liberado para estrear

Fábio Grellet, Estadão Conteúdo

13 de julho de 2017 | 06h06

O Flamengo vai entrar em campo nesta quinta-feira para enfrentar o Grêmio, às 19h30, no estádio Luso-Brasileiro, no Rio, pela 13.ª rodada do Campeonato Brasileiro, com um time diferente do que venceu o Vasco no último sábado. O clube rubro-negro não terá o centroavante peruano Paolo Guerrero, suspenso, nem o zagueiro Rhodolfo, machucado.

Por outro lado, o técnico Zé Ricardo terá o retorno do capitão Réver. O zagueiro está recuperado de uma gastroenterite e deve formar dupla com Rafael Vaz, que foi bem contra o Vasco e deve permanecer na equipe - Juan, recuperado, provavelmente ficará no banco de reservas.

Na frente, Leandro Damião vai substituir Guerrero. "Paolo sai mais da área, enquanto eu sou jogador de finalizar com um toque só. A gente sempre conversa", afirmou o centroavante nesta quarta-feira. Ex-jogador do Internacional, ele comentou a partida. "Sei como é a rivalidade do Inter com o Grêmio. Sempre tive um pouco de sorte de fazer gol. Espero que amanhã (quinta-feira) continue".

Leandro Damião também elogiou o estádio onde o Flamengo passou a mandar seus jogos, na Ilha do Governador (zona norte do Rio). "Conseguimos encontrar nossa casa. O gramado é muito bom e nossa equipe se encontrou jogando lá", disse.

Outra novidade do Flamengo é que o atacante Geuvânio, regularizado na CBF, já pode fazer a sua estreia. Na partida desta quinta-feira ele vai começar na reserva.

Reserva no Flamengo, o goleiro Paulo Victor se transferiu para o Grêmio, em negociação confirmada nesta quarta-feira. O clube carioca tenta contratar Diego Alves, que defende o Valencia, da Espanha, e quer se transferir para o Brasil para aumentar a chance de ser convocado para a seleção.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.