Com desfalques, Felipão faz mistério no Palmeiras

O técnico Luiz Felipe Scolari fechou o treino do Palmeiras na tarde desta terça-feira, impedindo que a imprensa pudesse acompanhar o trabalho tático. Assim, ele manteve o mistério sobre a escalação do time para o jogo de quinta, contra o Coritiba, pelas quartas de final da Copa do Brasil, quando terá três desfalques importantes: o zagueiro Thiago Heleno está suspenso, enquanto o lateral Cicinho e o meia Valdivia se recuperam de contusão.

AE, Agência Estado

03 de maio de 2011 | 20h06

Apesar do mistério de Felipão, não há muitas dúvidas sobre os substitutos dos três titulares ausentes. A tendência é que o zagueiro Leandro Amaro entre na vaga de Thiago Heleno, que o volante João Vitor seja improvisado no lugar de Cicinho e que o meia Lincoln ocupe o posto de Valdivia. Mas o técnico pode surpreender, optando pela escalação do atacante Wellington Paulista, que poderia ganhar uma chance no time - nesse caso, sairia Luan.

"Acho que o time não deve sentir as ausências. É verdade que são atletas importantes, mas temos jogadores que podem suprir bem essas carências. Quando o Valdivia já estava de fora, o Lincoln vinha tendo grandes atuações. E para as outras posições, são muitas opções", comentou o volante Marcos Assunção, um dos líderes do elenco palmeirense, revelando também que o grupo ainda sofre com a eliminação diante do Corinthians no Paulistão.

"É muito difícil dormir, é mais difícil ainda olhar a televisão, ver os jornais e saber que tínhamos grandes possibilidades de estarmos na final, alegres. Não conseguimos, mas já temos outro jogo importante e quinta-feira pela manhã já estarei totalmente focado no Coritiba", avisou Marcos Assunção, admitindo preocupação com a bola aérea do time paranaense. "Eles fazem muitos gols de cabeça, têm uma zaga alta, que cabeceia bem."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.