Leonardo Moreira / Fortaleza EC
Leonardo Moreira / Fortaleza EC

Com desfalques no ataque, Fortaleza desafia favoritismo do Palmeiras no Castelão

Por diferentes razões, Wellington Paulista e Felipe Pires não poderão disputar a partida

Redação, Estadão Conteúdo

22 de setembro de 2019 | 14h05

Sem poder contar com Wellington Paulista, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e Felipe Pires, por questões contratuais, o Fortaleza tenta reencontrar o caminho das vitórias na partida frente ao Palmeiras, marcado para este domingo, às 16 horas, na Arena Castelão, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Sendo assim, o técnico Zé Ricardo deve formar o ataque com Osvaldo e André Luis. A principal novidade é o retorno de Juninho, que ficou de fora no empate por 1 a 1 com o Bahia. O jogador terá ao seu lado no meio de campo Felipe, Gabriel Dias e Romarinho. O treinador fechou os treinos ao longo da semana.

"É bom rever os antigos amigos e nesse jogos sentimos uma motivação maior e espero fazer um bom jogo, como foi contra o Bahia, para que eu possa ajudar meus companheiros a adquirir pontos positivos que é importante para a gente. Se eles estão motivados na briga pelo título, nós estamos pela permanência na série A. Não tem motivação maior que essa", afirmou o zagueiro Jackson.

Já o meia-atacante Romarinho aposta no entrosamento para superar o Palmeiras: "Nós o enfrentamos no primeiro jogo do campeonato. Agora, já se passaram 19 rodadas e estaremos com um pouco mais de entrosamento. Isso será importante para nossa partida. Nós conseguimos trabalhar tudo aquilo que a gente tinha que fazer nos jogos e hoje estamos conseguindo demonstrar e ficarmos bem postados", concluiu.

Sem vencer há dois jogos, o Fortaleza soma 22 pontos e precisa vencer para não queimar a "gordura" que acumulou na luta contra o rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.