Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

Com desfalques, São Paulo não terá zagueiros no banco

Dos nove desfalques do time para o jogo contra o Atlético-PR, seis são defensores, e técnico tem à disposição somente dois atletas

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

07 de outubro de 2014 | 18h25

A comissão técnica do São Paulo optou por não relacionar nenhum zagueiro das categorias de base para a partida contra o Atlético-PR e, caso Paulo Miranda ou Antônio Carlos se machuque, Muricy Ramalho não terá nenhum suplente à disposição. No total são nove desfalques, a maioria atua na defesa.

Kaká e Souza estão na seleção brasileira enquanto Álvaro Pereira está na seleção uruguaia. Já os zagueiros Rafael Toloi, Lucão e Rodrigo Caio (que também joga de volante) estão no departamento médico. O zagueiro Edson Silva e o lateral Reinaldo estão suspensos. Sem contar Ademilson, que está na seleção olímpica.

Com todos esses desfalques, o São Paulo vai para o jogo no Morumbi com excesso de atacantes e poucos defensores. O único lateral na reserva será Luis Ricardo. Se algum zagueiro se machucar, Denilson deve ser improvisado no setor. E Maicon pode atuar também como volante. 

Confira a lista com dos 17 jogadores relacionados:

Goleiros: Rogério Ceni e Denis;
Laterais: Auro, Michel Bastos e Luis Ricardo;

Zagueiros: Paulo Miranda e Antonio Carlos;

Volantes: Hudson e Denilson;

Meias: Maicon, Boschilia e Paulo Henrique Ganso;

Atacantes: Alexandre Pato, Luis Fabiano, Alan Kardec, Ewandro e Osvaldo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.