Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Com destaques ainda fora, Vasco encara Americano e busca manter boa campanha

Técnico Alberto Valentim deverá usar mesma escalação que venceu o Volta Redonda por 5 a 2

Redação, Estadão Conteúdo

27 de janeiro de 2019 | 13h49

Mesmo sem estrear alguns jogadores que devem ser importantes no decorrer da temporada, o Vasco conseguiu duas vitórias em dois jogos pela Teça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. O próximo adversário do time treinado por Alberto Valentim será o Americano, às 19h30 deste domingo, em São Januário.

Dos atletas que devem ter um papel importante no Vasco de 2019, mas que ainda não reúnem condições ideais de jogo, apenas Thiago Galhardo foi a campo - e brilhou. O meia entrou no segundo tempo nas duas primeiras partidas oficiais do ano e marcou o gol da vitória por 1 a 0 contra o Madureira, na estreia da equipe no Estadual.

Na partida seguinte, contra o Volta Redonda, triunfo por 5 a 2, apesar de o placar elástico não refletir a dificuldade que o time carioca encontrou na partida. Ainda assim, os três pontos foram conquistados mesmo sem as presenças Bruno César, Maxi López e do recém-contratado Rossi.

Quem também pode reforçar o elenco do Vasco são os jovens que participaram da campanha na Copa São Paulo, na qual a equipe que representou o clube foi vice-campeã. Destaque para o meia Lucas Santos, um dos melhores jogadores da competição. Pratas da casa, Andrey, Dudu, Marrony e Caio Monteiro já integram o time principal.

A expectativa é de que Valentim mantenha a estratégia de preservar as peças que ainda não têm condição de jogo, por isso a escalação contra o Americano deve ser a mesma da vitória contra o Volta Redonda. Ainda se recuperando de lesões sofridas em 2018, Rildo e Breno não estão à disposição.

Após estrear na Taça Guanabara com vitória sobre a Portuguesa, o Americano decepcionou no meio de semana ao ser facilmente batido por 4 a 0 pelo Fluminense. Por isso, Josué Teixeira vai escalar um time fechado contra o Vasco para evitar nova derrota acachapante.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.