Alejandro García/EFE
Alejandro García/EFE

Com Diego Alves no banco, Valencia está fora da Copa do Rei

Nuno Espírito Santo decide poupar jogadores para disputa da Liga dos Campeões e perde fora de casa para o Espanyol por 2 a 0

Estadão Conteúdo

13 de janeiro de 2015 | 21h01

Quinto colocado no Campeonato Espanhol, o Valencia está fora da disputa da Copa do Rei. Nesta terça-feira, com um jogador a menos desde os 14 minutos do primeiro tempo, o time do técnico Nuno Espírito Santo perdeu de 2 a 0 do Espanyol, em Barcelona, e acabou eliminado pelo agregado, uma vez que vencera por 2 a 1 em casa, na semana passada.

Pensando na briga por uma vaga na Liga dos Campeões da Europa pelo Campeonato Espanhol, o técnico português poupou alguns titulares. Diego Alves e Negredo, por exemplo, ficaram no banco de reservas. As coisas se complicaram quando Mustafi perdeu bola na entrada da área e precisou parar Sergio García com falta. O árbitro não teve problemas em expulsar o alemão aos 14 minutos.

Com um jogador a mais, o Espanyol demorou, mas abriu o placar aos 34 minutos do segundo tempo, com Caicedo. O equatoriano, que havia entrado aos 32, fez também o gol que selou a classificação, aos 43. Nas quartas de final, o adversário do clube catalão será o vencedor do duelo entre Sevilla e Granada.

No outro confronto desta terça-feira, o Málaga perdeu para o Levante por 3 a 2, em Valência, mas avançou por ter vencido na ida, em casa, por 2 a 0. O próximo rival será quem passar de Athletic Bilbao e Celta.

Tudo o que sabemos sobre:
FutinterfutebolValenciaCopa do Rei

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.