Ivan Storti / Santos
Ivan Storti / Santos

Com dificuldades fora, Santos joga no Equador para reagir na Sul-Americana

Equipe de Fabián Bustos não vence longe de casa desde o dia 23 de fevereiro; Marcos Leonardo, enfim, estreia na competição

Felipe Rosa Mendes, O Estado de S.Paulo

05 de maio de 2022 | 05h00

Com dificuldades atuando fora de casa, o Santos encara a Universidad Católica, do Equador, nesta quinta-feira, às 21h30, em busca da reação na Copa Sul-Americana. Na altitude de 2.850 metros de Quito, o time paulista quer melhorar seu desempenho longe da Vila Belmiro.

O Santos não vence fora desde 23 de fevereiro. Foi quando superou o modesto Salgueiro por 3 a 0, pela Copa do Brasil. De lá para cá, foram oito jogos longe de casa, por diferentes competições, e nenhuma vitória. Nas últimas duas partidas, perdeu o clássico para o São Paulo, no Morumbi, pelo Brasileirão. E empatou por 1 a 1 com o Unión La Calera, pela rodada anterior da competição internacional.

Os tropeços longe de casa já começam a ameaçar a classificação santista para o mata-mata do torneio sul-americano. O Santos é apenas o terceiro colocado do Grupo C, com quatro pontos em três jogos. Um novo tropeço vai complicar as ambições do time santista, que só terá duas partidas para reagir, precisando de eventual combinação de resultados para terminar em primeiro - e somente o vencedor de cada chave avança na competição.

"Sabemos da dificuldade que é jogar na altitude", admitiu o goleiro John. Ele lembra da última partida da equipe em Quito, pela Copa Libertadores do ano passado. Na ocasião, o Santos venceu por 2 a 1. "O time todo fez um grande jogo naquela ocasião contra a LDU. Também fui muito feliz naquele dia, e saímos com a vitória. Que a gente consiga repetir o feito de 2020 e também buscar esse triunfo na quinta."

Preocupado com a altitude, o técnico Fabián Bustos antecipou a viagem para o Equador. O grupo viajou direto de São Paulo, após a derrota no clássico, para o país vizinho. O desembarque no local é uma tentativa de acostumar os jogadores com os 2.850 metros da capital equatoriana.

Bustos, no entanto, surpreendeu ao embarcar sem alguns dos principais jogadores da equipe. Ele vetou o goleiro João Paulo, o volante Rodrigo Fernández, os atacantes Jhojan Julio, Léo Baptistão, o lateral Madson e o zagueiro Maicon, além de Ricardo Goulart. A ideia é poupar estes atletas, visando o Brasileirão.

O Santos, portanto, terá uma escalação alternativa nesta quinta. John, por exemplo, volta a ganhar uma chance no gol. Auro deve assumir a lateral direita, enquanto Lucas Braga deve compor dupla de ataque com Marcos Leonardo. Será a estreia do jovem jogador na competição após cumprir suspensão nas partidas anteriores.

A Universidad Católica também vem de derrota em competição nacional. No domingo, perdeu para o Orense por 1 a 0, fora de casa. O time de Quito está no quinto lugar da tabela do Campeonato Equatoriano, a cinco pontos do líder Barcelona. No entanto, vem de vitória na Sul-Americana, ao bater o Banfield por 2 a 0, em casa, na rodada passada.

FICHA TÉCNICA:

UNIVERSIDAD CATÓLICA-EQU X SANTOS

UNIVERSIDAD CATÓLICA-EQU - Darwin Cuero; Gregori Anangonó, Yuber Mosquera, Anderson Ordoñez, Layan Loor; Willian Cevallos, Facundo Martí­nez, Kevin Minda; Ismael Dí­az, Lisandro Alzugaray e Cristian Martí­nez. Técnico: Miguel Rondeli.

SANTOS - John; Auro, Eduardo Bauermann, Emiliano Velázquez, Lucas Pires; Willian Maranhão, Vinícius Zanocelo, Felipe Jonatan, Gabriel Pirani; Lucas Braga e Marcos Leonardo. Técnico: Fabián Bustos.

ÁRBITRO - Gery Vargas (Bolívia).

HORÁRIO - 21h30.

LOCAL - Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, no Equador.

TRANSMISSÃO - Conmebol TV.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.