Bruno Cantini/Atlético-MG
Bruno Cantini/Atlético-MG

Com dois a mais, Atlético-MG encerra jejum com vitória sobre o rebaixado Paraná

Alvinegro volta a vencer após seis jogos e chega aos 50 pontos no Brasileirão

Estadão Conteúdo

14 Novembro 2018 | 23h18

O Atlético-MG ganhou, mas não convenceu. Mesmo jogando com dois a mais desde o começo do segundo tempo e diante de um adversário já rebaixado, o time mineiro bateu o lanterna Paraná por apenas 1 a 0, na noite desta quarta-feira, em Curitiba, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar da atuação ter deixado a desejar, o Atlético-MG encerrou um jejum de seis jogos sem vitória e se manteve na zona de classificação à Copa Libertadores ao sustentar o sexto lugar, com 50 pontos. Na lanterna, o Paraná estacionou nos 21 e chegou à nona partida sem vitória em casa.

Sem nada a perder, o time da casa começou em cima do visitante, que aos poucos foi equilibrando as ações e deu a primeira finalização aos dez minutos. De fora da área, Terans mandou nas mãos de Richard. Na sequência, Luan recebeu lançamento de Elias, dominou e foi derrubado pelo goleiro quando ia aplicando um chapéu. No pênalti, Fábio Santos bateu bem e abriu o placar aos 13 minutos.

O segundo gol atleticano só não veio na sequência porque Bruninho chutou para fora depois de receber passe preciso de Cazares. A situação do Paraná ficou ainda pior aos 29, quando Silvinho foi expulso direto pelo árbitro depois de reclamar de uma falta marcada em Fábio Santos.

Com um homem a mais, o time mineiro passou a ter mais espaços e assustou em chute rasteiro de Elias pela linha de fundo. Sem pressa, o Atlético passou a administrar a posse da bola até o intervalo. Nos acréscimos, o árbitro anulou gol de Fábio Santos ao marcar falta de Leonardo Silva em Richard.

Logo aos dois minutos, Andrey acertou uma cotovelada em Matheus Galdezani e recebeu o segundo amarelo. Mesmo com dois a menos, o Paraná foi o primeiro a finalizar na etapa final através de Rodrigo Carioca. A bola parou nas mãos de Victor. O Atlético-MG respondeu em chute perigo de Terans.

Com muito espaço, o time mineiro ia criando chances. Patric cruzou e Terans cabeceou por cima. Depois foi a vez de Cazares arriscar e Richard defender sem rebote. Em cobrança de falta, Terans fez o goleiro tricolor trabalhar. Bruninho aproveitou saída errada de Alex Santana e mandou ao lado do gol.

Aos 29, Patric foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro. Leonardo Silva por muito pouco não completou de carrinho. Reconhecendo a entrega dos jogadores, os torcedores tricolores gritavam "olé" a cada toque de bola do Paraná. Aos 45, Denilson desviou cruzamento de Patric e assustou Richard.

O Paraná volta a campo no próximo domingo, contra o Palmeiras, às 17 horas, no Estádio do Café, em Londrina (PR). Já o Atlético-MG recebe o Bahia no sábado, às 21 horas, na Arena Independência, em Belo Horizonte (MG). Os jogos são válidos pela 35ª rodada.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 0 x 1 ATLÉTICO-MG

PARANÁ - Richard; Wesley Dias, Charles, Igor e Juninho; Leandro Vilela (Jhony), Alex Santana e Rodrigo Carioca (Alesson); Andrey, Silvinho e Rafael Grampola (Kessley). Técnico: Dado Cavalcanti.

ATLÉTICO-MG - Victor; Emerson (Patric), Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Matheus Galdezani, Elias, Cazares, Luan (Bruninho) e Terans; Alerrandro (Denilson). Técnico: Levir Culpi.

GOL - Fábio Santos (pênalti), aos 13 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Andrey, Charles, Alex Santana e Richard (Paraná); Emerson, Patric e Bruninho (Atlético-MG).

CARTÕES VERMELHOS - Silvinho e Andrey (Paraná).

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

RENDA - R$ 22.940,00.

PÚBLICO - 1.140 pagantes (1.610 no total).

LOCAL - Estádio Durival de Brito, em Curitiba (PR).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.