Franck Fife/AFP Photo
Franck Fife/AFP Photo

Com dois de Cavani, PSG vence Monaco e leva título da Copa da Liga Francesa

Mesmo sem Neymar, time confirmou favoritismo no cenário francês e venceu o jogo com facilidade

Estadão Conteúdo

31 de março de 2018 | 18h46

Se fracassou no objetivo de ir mais longe e até vencer a Liga dos Campeões da Europa na temporada 2017/2018, o Paris Saint-Germain ao menos vai se mostrando soberano no cenário nacional. E neste sábado o time confirmou essa condição ao conquistar com facilidade o título da Copa da Liga Francesa ao derrotar o Monaco por 3 a 0 na decisão disputada em Bordeaux.

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Francês

+ Com gol de Gabriel Jesus, Manchester City vence e pode ser campeão no sábado

+ Bayern faz 5 no primeiro tempo, arrasa Dortmund e fica a um triunfo do título

O título da Copa da Liga Francesa é o primeiro de Neymar como jogador do PSG, ainda que ele não estivesse em campo na final, pois ainda se recupera de fratura no quinto metatarso do pé direito. Mas ele atuou pelo time no torneio, tendo marcado um gol de pênalti no confronto com o Amiens pelas quartas de final, e até publicou um vídeo nas redes sociais em que acompanhava o duelo deste sábado.

Este foi o oitavo título do PSG na Copa da Liga Francesa, sendo o quinto seguido do time parisiense, em sequência iniciada em 2014, e que também contempla as conquistas de 1995, 1998 e 2008. E nos seus outros duelos nesta edição do torneio, o time venceu o Strasbourg e o Rennes, além dos triunfos diante do Amiens e agora sobre o Monaco.

Sem Neymar, o brilho do PSG ficou dividido entre o trio ofensivo formado por Di María, Mbappé e Cavani, com destaque para o uruguaio, autor de dois gols - o outro foi do argentino. E o duelo contou com a participação de quatro brasileiros, sendo Daniel Alves e Thiago Silva pelo clube parisiense e Jemerson e Fabinho pelos adversários. O lateral-direito da seleção brasileira, aliás, chegou aos 36 títulos na sua carreira profissional, considerado um recorde, com um a mais do que as conquistas do galês Ryan Giggs.

O primeiro gol da partida saiu logo nos minutos iniciais e após o uso do árbitro de vídeo, que confirmou o pênalti cometido por Glik em Mbappé. Cavani fez a cobrança aos oito, o goleiro Subasic ainda tocou na bola, mas não impediu que o uruguaio colocasse o seu time em vantagem.

O PSG ampliou o placar aos 21, dessa vez em um contra-ataque muito bem concluído por Di María, com uma finalização rasteira. Ainda antes do intervalo, Falcao García chegou a marcar para o Monaco, mas o juiz consultou o vídeo da jogada e anulou o lance por impedimento do atacante colombiano. A conquista do PSG foi selada aos 40 minutos do segundo tempo por Cavani. O uruguaio tabelou com Mbappé e marcou o seu segundo gol na partida, fazendo 3 a 0 para o time parisiense, novamente campeão da Copa da Liga Francesa.

Agora, então, o PSG vai partir em busca de outros dois títulos nacionais. O time lidera o Francês com uma vantagem de 17 pontos para o Monaco e voltará a jogar na próxima sexta-feira, fora de casa, contra o Saint-Étienne - dois dias antes, o Monaco visitará o Rennes. Na Copa da França, o time está nas semifinais, com o Caen sendo o seu oponente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.